17.2 C
São Paulo
sexta-feira, 14/06/2024

Educação particular discute campanha

Data:

Compartilhe:

Continuam as negociações com os setores patronais da Educação privada de São Paulo. Na segunda (25), a rodada foi com representantes do Ensino Superior e também do Sesi. A negociação com a Educação Básica, que aconteceria terça, 26, foi cancelada pelo representante patronal do segmento.

Os 25 Sindicatos integrantes da Federação dos Professores do Estado de São Paulo – Fepesp têm realizado assembleias nas bases a fim de discutir e avaliar o processo da negociação. Celso Napolitano, presidente da Fepesp, enfatiza a importância da participação da categoria: “O objetivo é conversar com a base, sejam professores, professoras ou auxiliares do Ensino Superior, Educação Básica e do Sesi. É uma roda de conversa sobre as dificuldades enfrentadas nas mesas de negociação de cada segmento e os avanços conseguidos, passo a passo. Importante estarmos mobilizados em todos os segmentos, escola por escola”.

Celso Napolitano continua: “As conversas com os professores do Sesi já iniciaram e foram bem sucedidas. Estão nos auxiliando muito nas mesas de negociação com o setor”. Nesta semana, as negociações com o Sesi progrediram. Houve regulamentação das DPCs e DPACs, para confecção consciente dos horários de aulas, entre outros avanços.

Terça – Próxima reunião com o Sesi está agendada para dia 2.

Com o Ensino Superior e a Educação Básica, as negociações ocorrem lentamente. Na Capital, as assembleias intermediárias pra discutir propostas em busca de avanços efetivos acontecem na próxima semana.

Datas – Fique por dentro das assembleias de cada Sindicato. Confira as datas e participe.

Segunda-feira, 1º/4
Osasco – Ensino Superior, às 15 horas. Formato virtual.
Campinas – Educação Superior, às 17 horas. Virtual.

Terça-feira, 2/4
Bauru – Educação Básica, às 16 horas. Virtual
SP – Educação Básica, às 19 horas. Virtual
São Carlos – Educação Básica, às 19 horas.

Quarta-feira, 3/4
Bauru – Ensino Superior, às 16 horas. Virtual
SP – Ensino Superior, às 15 horas. Virtual
Valinhos e Vinhedo – Ensino Superior, às 18 horas. Educação Básica, às 19 horas. Presenciais.
São Carlos – Ensino Superior, às 19 horas.

Quinta-feira, 4/4
Bauru – Sesi/Senai, às 16 horas.

Sábado, 6/4
Sorocaba – Sesi, às 8h30. Senai, às 9 horas. Educação Básica, às 10 horas. Superior, às 11 horas.

MAIS – Site e redes sociais da Federação e dos 25 Sindicatos integrantes.

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores da Eletrobras deflagram greve por tempo indeterminado

80% do quadro adere à paralisação e dá remédio amargo aos patrões que não quiseram negociarOs trabalhadores do grupo Eletrobras estão de braços cruzados...

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, diz Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...