21.9 C
São Paulo
quarta-feira, 12/06/2024

Entidades pedem fim do “Novo Ensino Médio”

Data:

Compartilhe:

Sindicalistas da Educação se reuniram terça (7) com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Eles pleiteiam a revogação da Lei 13.415/2017, chamada de reforma do Ensino Médio.

Educadores apontam fragilidades do “Novo Ensino Médio”, entre as quais diminuição da carga horária de disciplinas básicas, como Filosofia e Sociologia, e o fato de professores trabalharem em disciplinas sem formação adequada para a matéria.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Educação (CNTE), Heleno Araújo, trata-se de uma política fora da realidade. “Após a revogação, é possível encontrar alternativa, fazendo-se a discussão com a comunidade escolar”, afirma.

Carta Aberta – Mais de 300 entidades assinam Carta Aberta. O documento pede a revogação da Lei do Ensino Médio, aprovada durante o governo Temer.  A Federação dos Professores do Estado de São Paulo (Fespesp) também é signatária.

Para o professor Celso Napolitano, presidente da Fepesp e do SinproSP (Sindicato dos Professores de São Paulo), o novo modelo precariza e esvazia o aprendizado, pois, ao escolher um itinerário de aprofundamento curricular, todos os outros deixados para trás. Ele argumenta: “Além disso, os estudantes têm possibilidades de escolha limitadas”.

O Censo Escolar 2020 (Inep) mostra que 334 dos 645 Municípios paulistas possuem só uma escola pública de Ensino Médio. Os estudantes locais não têm qualquer opção, a não ser aceitar os itinerários oferecidos.

Agenda – Na próxima semana, os sindicalistas se reunirão com o ministro da Educação, Camilo Santana, em Brasília, a quem levarão suas demandas.

MAIS – Acesse CNTE, Fepesp.

Conteúdo Relacionado

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...

Acontece hoje o Arraiá dos Metalúrgicos de Guarulhos

O Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região (Parque Primavera, Guarulhos) será palco de uma grande festa junina neste sábado,...