20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Bom domingo! – por Vargas Netto

Data:

Compartilhe:

Bom domingo! – Esta semana o texto é curto porque as expectativas são enormes.

Para o ativista convencido da necessidade de vitória de Lula no primeiro turno e empenhado em conseguir mais eleitores para esse voto útil e, mesmo para o eleitor que apenas prepara seu voto, recomendo a atenção à chapa completa a ser digitada no dia 2, valorizando também os candidatos aos Legislativos e para os governos estaduais.

Como não haverá a possibilidade de levar o celular para a cabine de votação, será preciso memorizar os números da chapa escolhida ou se garantir com a tradicional “colinha”.

A ordem de apresentação das candidaturas será a seguinte: deputado federal (quatro dígitos), deputado estadual ou distrital (cinco dígitos), senador (três dígitos), governador (dois dígitos) e presidente (dois dígitos).

A memorização da chapa completa confirma a escolha coerente do eleitor e permite, para o ativista, uma campanha pelo voto útil.

Não revelo minha escolha completa por respeito ao segredo do voto, mas posso dizer que, assim como a esmagadora maioria dos dirigentes sindicais, dos ativistas e dos trabalhadores conscientes, o número do meu candidato a presidente é o 13.

Bom domingo!

Clique aqui e leia mais artigos de João Guilherme Vargas Netto.

João Guilherme
João Guilherme
Consultor sindical e membro do Diap. E-mail joguvane@uol.co.br

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...