Engenheiros rejeitam nova proposta salarial da CET

0
162
CET

As negociações relativas ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) na CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), conduzidas pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), prosseguem.

Quarta (19), os profissionais rejeitaram em assembleia a segunda proposta apresentada pela empresa para campanha salarial 2023. Data-base dos trabalhadores é 1º de maio.
A proposta inclui reajuste de 4,18% (IPCA) sobre os salários e benefícios e a manutenção das cláusulas pré-existentes.

A categoria, composta por mais de 200 profissionais, defendeu o índice de 4,52% para a correção de salários e benefícios, correspondente à variação do IPC-Fipe do período, de acordo com a pauta de reivindicações 2023 dos engenheiros.

O Seesp também reivindica o fim da cobrança da coparticipação dos engenheiros no vale-refeição, a exemplo do que é feito pelas demais empresas de transporte da Prefeitura de São Paulo.

Segundo Murilo Pinheiro, presidente do Seesp, a entidade já encaminhou a rejeição à proposta e aguarda a reabertura das negociações. Murilo diz: “Esperamos que a CET avance em suas propostas em atendimento aos legítimos anseios da categoria, que tanto contribui para o elevado desempenho da companhia”.

Mais informações – https://www.seesp.org.br/site/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui