Diretores do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC estiveram esta semana na Toyota. Eles entregaram o jornal A Tribuna aos trabalhadores e conversaram sobre a importância de novos investimentos, que garantam o futuro da planta. Foi a primeira vez que Moisés Selerges visitou a fábrica como presidente da entidade.

O diretor administrativo do Sindicato, Wellington Messias Damasceno, acompanhou a conversa na Toyota. Ele conta: “A planta é importante para São Bernardo, para todo o ABC e também para a Toyota. Ela é viável do ponto de vista econômico e estratégico, competitiva, com mão de obra qualificada e pode receber mais investimentos. Essa tem sido a nossa luta, que foi intensificada com a ida do setor administrativo para Sorocaba”.

Para dar mais tranquilidade aos trabalhadores, o Sindicato defende que sejam feitos investimentos de futuro. “Isso também geraria novos postos de trabalho. É viável que a planta de São Bernardo produza o conjunto elétrico. Esse é um futuro possível e que temos tratado em todos os diálogos com a empresa e com os trabalhadores”, explica Wellington.

Histórica – Inaugurada em 1962, a planta de São Bernardo do Campo foi a primeira da Toyota fora do Japão.

MAIS – Acesse o site do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.