O terreno da reforma

0
88

O governo não vai fazer, por iniciativa própria, a reforma da reforma trabalhista.
Mas o sindicalismo pode, sim, avançar nesse terreno. E esse terreno é o campo das negociações coletivas, nas datas-bases.
Começar pelo retorno das homologações aos Sindicatos seria um bom começo.
SP – 25-julho-2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui