13.2 C
São Paulo
domingo, 21/07/2024

OMS indica que pandemia está subestimada no Brasil

Data:

Compartilhe:

Diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou, nesta segunda (22), que o número real de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Brasil pode estar subestimado. De acordo com os dados divulgados, 31% dos testes de coronavírus dão positivo.

Pesquisa do Imperial College, de Londres, mostra que o número de mortos declarados no País na última semana também aponta subnotificação de casos de infecção.

Para a entidade inglesa, o Brasil registrou 34% dos casos possíveis, o que significa que o número de infectados pode ser maior. Michael Ryan afirma que, em países que aplicam grande número de testes, a taxa de resultados positivos fica em 5%.

Estimativas – O estudo do Imperial College parte da premissa de que a taxa de mortalidade da Covid-19 é de 1,38%, sendo uma morte a cada 72,5 pessoas infectadas. Domingo (21), o Brasil atingiu a marca de 50.659 mortes. A estimativa do centro de pesquisas é de 3,671 milhões de pessoas infectadas.

Fonte: Folha de S. Paulo.

Conteúdo Relacionado

Portaria de Marinho é lesiva aos frentistas

O Brasil possui perto de 500 mil trabalhadores em postos de combustíveis e lojas de conveniência.  A categoria, por atuar em ambiente insalubre, recebe...

Metalúrgicos do ABC fazem Arraiá

Mais uma entidade promove Festa Julina. Agora, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O arraiá da categoria acontecerá dia 19 e 20 (sexta e...

Sindicatos devem atualizar cadastro no MTE

Sindicatos, Federações e Centrais devem atualizar dados no Ministério do Trabalho e Emprego. Em 1º de julho, foi publicado no Diário Oficial da União...

Comerciários/UGT promovem Mutirão e Encontro Nacional

Dois fatos marcarão o calendário dos Comerciários de São Paulo e também da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central à qual o Sindicato é...

Engenharia propõe “Cidades Inteligentes”

O projeto “Cresce Brasil, Mais Engenharia, Mais Desenvolvimento” é a mais bem estruturada iniciativa sindical rumo ao desenvolvimento, à soberania e ao avanço tecnológico...