Ricardo Patah acompanha Lula em visita aos EUA

0
128

Por João Franzin

A caminho do Aeroporto Internacional de Cumbica, o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, falou na tarde de sábado (16) com a Agência Sindical.

O dirigente ugetista é um dos convidados do Presidente Lula à viagem oficial a Nova Iorque, que terá como pontos culminantes a 78ª Sessão da Assembleia Geral da ONU, cujo tema é Paz, Prosperidade, Progresso e Sustentabilidade, e o encontro com Joe Biden, presidente dos EUA.

Como é tradição, o Presidente do Brasil fará o discurso inaugural de chefes de Estado, na abertura, que terá representantes dos 193 países-membros. Para a viagem, Lula convidou CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central e CSB.

Patah viaja otimista. Ele vê o sindicalismo retomar protagonismo após a série de ataques por Temer e Bolsonaro. Segundo o ugetista, “no encontro com Biden, as Centrais brasileiras terão companhia da AFL-CIO, a Central Sindical dos norte-americanos”. Entre os temas da conversa Lula-Biden, ele considera que terá relevância “o esforço pró-trabalho decente em todo o mundo”, conforme orienta a OIT. Além do trabalho decente, os sindicalistas devem aprofundar as ações pela agenda do que se convenciona “os objetivos do milênio”.

Brasucas – Outra questão que move a UGT, adianta Patah, “é a condição da enorme massa de migrantes brasileiros, que enfrentam duras condições de trabalho e de vida num país estrangeiro”. Boston é a cidade com mais brasucas – o termo tem inequívoco sentido pejorativo. Ricardo Patah espera que, nesse tema, a AFL-CIO possa ajudar. “Já temos parceria e defendo que ela seja aprofundada”, afirma.

Brasil – Terça próxima (19), a UGT lança, nacionalmente, projeto que visa à ampla representação de trabalhadores, sejam informais, MEIs ou outros profissionais que vivem da renda advinda do trabalho. A Central tem como lema o “sindicalismo ético, cidadão e inovador”.

MAIS INFORMAÇÕES – Na UGT, com Mauro Ramos, Amaury Mortágua ou Amorim. Telefone (11) 2111.7300.

Acesse – www.ugt.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui