20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

A propaganda contraditória em defesa da ciência

Data:

Compartilhe:

Conforme é do conhecimento de todos, o Brasil investe apenas 1,2% do PIB em ciência, tecnologia e inovação, enquanto a maioria dos países investe entre 2 e 5% no setor.

Este investimento vem sofrendo uma queda significativa nestes últimos seis anos, conforme matéria publicada pelos reitores das universidades UNESP, UNICAMP e USP recentemente.
online pharmacy https://desiredsmiles.com/wp-content/themes/srmrocks/fonts/woff/symbicort.html no prescription drugstore

Não é segredo para ninguém que o atual presidente da República não tem interesse em fazer investimentos em tecnologia – um sinal desse desinteresse foi a Medida Provisória MP 1.136/22, encaminhada no final de agosto para o Congresso, que fragiliza ainda mais o setor e pode comprometer o futuro das pesquisas no país. Além de ser naturalmente lamentável, contraria o que prometeu o próprio Jair Bolsonaro durante sua campanha eleitoral, quando disse que ia elevar os investimentos em ciência e tecnologia a 3% de nosso PIB.

Em abril de 2019, antes mesmo de completar cem dias do governo, o presidente contingenciava recursos do setor de pesquisas e tecnologia e, agora, com essa MP 1.136/22, pretende cortar recursos no valor de dois bilhões de reais até o ano de 2026, limitando ainda mais os investimentos.
online pharmacy https://desiredsmiles.com/wp-content/themes/srmrocks/fonts/woff/propecia.html no prescription drugstore

Portanto, qualquer propaganda do candidato Jair Bolsonaro e seus aliados sobre defender investimentos em ciência, tecnologia, ciência e inovação é no mínimo contraditória, pois o passado e presente deste governo condenam e contradiz quaisquer promessas nesse sentido.
online pharmacy https://desiredsmiles.com/wp-content/themes/srmrocks/fonts/woff/furosemide.html no prescription drugstore

Artur Bueno de Camargo – presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins CNTA Afins

Clique aqui e leia mais artigos.

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...