18 C
São Paulo
quinta-feira, 13/06/2024

FUP reconta a história da Petrobrás desde a fundação

Data:

Compartilhe:

A Petrobrás completa 70 anos, com uma trajetória permeada por ataques, resistência e superação. Desde que foi criada, em 3 de outubro de 1953, é alvo de disputas e cobiça.

Nesse aniversário, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) aproveita para divulgar relatos que recontam esta história, que se mistura com as passagens recentes do Brasil.

A empresa nasceu das lutas populares que, na virada de 1940 para 1950, desaguaram na campanha “O petróleo é nosso”, que reivindicava uma nação desenvolvida e livre da dependência estrangeira.

Desde então, a Petrobrás vem cumprindo essa missão. Construiu o maior parque de refino da América Latina, impulsionou a indústria nacional, tornou o Brasil autossuficiente, descobriu o Pré-Sal – vencendo os desafios de extrair petróleo a 7 mil metros de profundidade no mar.

No caso do Pré-Sal, em apenas 15 anos, essa nova fronteira exploratória já é responsável por 78% de toda a produção nacional.

Oceano – Líder mundial em tecnologia para exploração de petróleo em águas profundas, a Petrobrás coleciona prêmios internacionais, chegou a figurar em 2010 como a terceira maior empresa de energia do mundo e já foi responsável por 13% do PIB brasileiro.

Com tantas conquistas em um setor tão estratégico para o mundo, a empresa tornou-se alvo de muitos interesses e enfrentou nos governos Temer e Bolsonaro o maior desmonte de sua história.

Apesar de todos os ataques que sofreu, a Petrobrás continua sendo um dos principais agentes indutores do desenvolvimento nacional, símbolo maior da nossa soberania e da capacidade de superação e vitória do povo brasileiro.

Mesmo após ter perdido o monopólio, em 1997, e de ter passado por um violento processo de desintegração nos últimos anos, a estatal brasileira ainda é responsável por 93% da produção de óleo e gás no Brasil e por 90% do refino de derivados.

Essa trajetória de resistência e superação está no DNA das trabalhadoras e dos trabalhadores petroleiros, que constroem no dia a dia as conquistas da Petrobrás e sempre se levantaram toda vez que a empresa foi atacada.

Conhecer essa história é levar adiante o legado de milhares de brasileiras e de brasileiros que lutaram e ainda lutam para defender a soberania nacional.

PARTE 1: 1940-1953: “O petróleo é nosso” e a Petrobrás também

PARTE 2: 1953-1980: Petrobrás integra o Brasil e impulsiona a indústria nacional

PARTE 3: 1980-1990: Exploração em águas profundas leva à descoberta da Bacia de Campos

PARTE 4: 1990-2002: Neoliberalismo impôs perda do monopólio da Petrobrás e privatizações

PARTE 5: 2003-2015: Petrobrás volta a ser estratégica para o Brasil e descobre o Pré-Sal

PARTE 6: 2016-2022: O maior desmonte da história da Petrobrás

PARTE 7: 2023: Reconstruir e fortalecer a Petrobrás para o Brasil

Clique AQUI para ler a edição digital sobre os 70 anos da Petrobrás.

MAIS – Acesse o site da FUP.

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...