17.2 C
São Paulo
sexta-feira, 14/06/2024

Prossegue negociação no ensino superior

Data:

Compartilhe:

A Federação dos Professores do Estado de SP (Fepesp) voltou a se reunir quinta (20) com o setor patronal pra apresentar o resultado das assembleias. Professores e pessoa do administrativo do ensino superior privado de todo o estado recusaram a contraproposta das mantenedoras.

Segundo Celso Napolitano, presidente da Fepesp do SinproSP, a recusa se deu porque a contraproposta patronal não inluiu a sentença normativa do TRT que deu ganho de causa no julgamento do dissídio de greve de 2022. A setença determina reajuste salarial de 10,78%, a partir de fevereiro de 2022.

“Também foram deixadas de lado questões importantes como a regulamentação de aulas à distância em cursos presenciais, ou o piso da categoria e direitos de conteúdos criados por professores”, ele afirma.

Celso lembra que há uma pendência jurídica, com os recursos do Semesp (que representa as mantenedoras) no STF e no TST. “Com essa motivação os sindicatos integrantes da Fepesp reuniram-se nesta quarta, dia 19, no seu Conselho de Entidades Sindicais .

Foi consolidado o conjunto de reivindicações que já foram deliberadas e apresentadas, preservando a sentença do Tribunal Regional do Trabalho de novembro de 2022.

Para dar sequência às negociações e para encerrar as divergências nos tribunais superiores, apresentamos a seguinte proposta, condensada em nove pontos. Entre eles, o cumprimento da sentença do TRT, com vigência de 4 anos, para as cláusulas sociais, exceto a cláusula de reajuste; salário de março de 2023 resultante da majoração do valor devido em fevereiro de 2022 em 17,53%; negociação para implementação gradativa de piso salarial, com vigência a partir de março de 2024.; negociação para regulamentação de aulas de disciplinas ministradas a distância, em cursos presenciais.

Agenda – Na próxima quarta (26), haverá nova rodada de negociação.

MAIS – Acesse o sites da Fepesp e do SinproSP.

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, diz Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...