20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Paulista, dia 3. O que vi – por João Franzin

Data:

Compartilhe:

Sábado, dia 3, houve novos protestos pelo País contra Jair Bolsonaro. Na Capital de SP, o protesto ocorreu na Avenida Paulista. Como em todas as manifestações (à esquerda e à direita), fui à avenida. Circulei, vi e registro.

Havia muito mais gente do que no último protesto, em junho.

PSDB presente no ato.

Presença majoritária dos movimentos, ou seja, de partidários ativistas.

Muitos jovens e gente classe média. Bom número de idosos, certamente vacinados.
Presença sindical reduzida.

Boa quantidade de bandeiras brasileiras, mas o colorido LGBTQIA+ aparecia mais.

Sem uma palavra de ordem unificadora.

Teve muito Fora Bolsonaro; Bolsonaro genocida; e Bolsonaro ladrão.

Muitos cartazes feitos pelos próprios manifestantes.

Aglomerou em alguns pontos, mas 100% com máscara.

Mais PSTU que PT.

Muitos camelôs. Camelô só vai onde tem bastante gente.

Palavras vacina, genocida etc., presentes.

Emprego, salário, carestia, Emergencial de R$ 600,00, pouco. Gente vendendo broches engajados… agora tem.

Maior caminhão era do PCO contra golpe militar. Eu também sou.

Movimento – Em SP, a manifestação foi basicamente de ativistas e militantes. Povão mesmo (lascado com o preço do gás, a conta de luz, desemprego, demora na vacina e a ausência do Auxílio Emergencial de R$ 600,00) havia pouco.

Observo – Falta ainda palavra de ordem mobilizadora e uma pauta enxuta. Movimento sem pauta, e agenda, pra baixo e pra cima, tende a se esgotar no próprio movimento.

Jornalista, coordenador da Agência Sindical.
www.facebook.com/joao.franzin.1

Clique aqui e leia mais artigos

João Franzin
João Franzin
Jornalista e coordenador da Agência Sindical

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...