Trabalhadores da construção pesada estão em greve

0
1295
Trabalhadores da construção pesada estão em greve

Os trabalhadores da construção pesada no Estado de São Paulo estão em greve desde o dia 2. Liderados pelo Sindicato da categoria (Sintrapav-SP), os companheiros reivindicam a negociação e aprovação da Convenção Coletiva, reajuste salarial e outros itens.

Segundo o Sintrapav, a greve ocorre após recusa do setor patronal em negociar com os trabalhadores. “São dois anos sem qualquer acordo”, informa Sandro Régio dos Santos, assessor do Sindicato.

Ele conta que, na data-base 2019/2020, o INPC foi de 2.46%; na data-base de 2020/2021, o Índice atingiu 7.59%. “Ou seja, a defasagem salarial dos trabalhadores chega a 10,05%”, denuncia Sandro.
Retirada – Além da recusa do setor patronal em negociar com o Sintrapav-SP por dois anos seguidos e pela falta de acordo, o setor empresarial tenta retirar direitos.

Trabalhadores de todo o Estado contatam o Sindicato e pedem assembleias nas obras pra aprovar greve. “A base está unida, informando que quer paralisar as obras, em diversas obras”, afirma o assessor.

Julgamento – O Sintrapav-SP pediu julgamento de dissídio no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região sexta (2). “Agora, todos que estão em greve esperam pelo resultado de audiência no Tribunal. Estamos esperançosos em sair vitoriosos”, conclui.

MAIS – Acesse o site do Sintrapav-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui