Dirigentes e ativistas começam a se concentrar na Avenida Paulista, SP, em frente ao gabinete regional da Presidência da República, número 2.163 (perto do cruzamento com Augusta). Eles farão ato às 11 horas em defesa do Auxílio Emergencial de R$ 600,00 e pela desoneração da folha de pagamento, a fim de garantir empregos.

“Vamos cobrar do governo e alertar a sociedade sobre da importância do Auxílio Emergencial de R$ 600,00 e a desoneração da folha de pagamento”, afirma Miguel Torres, presidente da Força Sindical.

Guarulhos – Os Metalúrgicos de Guarulhos já estão no local. O secretário-geral, Pedro Pereira da Silva (Zóião), comenta: “Nosso Sindicato, desde o começo, defende R$ 600,00 até dezembro, porque esse dinheiro ajuda a pôr comida na mesa dos mais pobres.”

Emprego – Para o sindicalista, além da resistência do governo, há também má vontade do Congresso Nacional. “Precisamos aumentar a pressão política. As duas bandeiras são importantes. Mas a desoneração tem impacto direto no emprego. Se ela cair, vamos perder mais empregos ainda”.

Agenda – Ato pelo Auxílio Emergencial de R$ 600,00 e desoneração da folha de pagamento. Data: 3. Horário: 11 horas. Local: Em frente ao gabinete regional da Presidência da República. Avenida Paulista, 2.163. São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui