15.1 C
São Paulo
sábado, 13/07/2024

Sair do fundo do poço!

Data:

Compartilhe:

O Brasil continua em crise, principalmente pelos erros cometidos na condução econômica, tanto pelo governo atual quanto pelo governo Temer, que optaram por colocar o País no papel de exportador de matéria prima e importador de bens industrializados, prejudicando a indústria nacional, impedindo a geração de empregos de qualidade e renda e privilegiando apenas uma minoria já muito rica.

Também impuseram medidas nefastas, como a reforma Trabalhista, a terceirização sem limites, o congelamento dos investimentos sociais (saúde, educação, segurança pública e tecnologia, entre outros setores estratégicos) e a reforma da Previdência, prejudicando especialmente a classe trabalhadora e os aposentados, precarizando as relações de trabalho, enfraquecendo injustamente o movimento sindical atuante e não gerando os milhões de empregos prometidos.

O resultado não poderia ser pior: custo de vida nas alturas, cerca de 12 milhões de brasileiros desempregados, cinco milhões desalentados e outros milhões subocupados ou na informalidade, em trabalhos precários e sem direitos, e famílias inteiras voltando à linha da extrema pobreza, passando fome e correndo riscos de vida.

Nós, com espaço para a reflexão, o debate e a organização de lutas e campanhas, podemos e devemos colaborar com esses nossos irmãos excluídos. Precisamos de mais união e representantes que consigam levar para os governos e parlamentos as reivindicações populares e sociais.

Atuo há muitos anos no terceiro setor, com as Ongs, as organizações da sociedade civil de interesse público e as comunidades de bairro, segmentos que precisam ser ouvidos e atendidos em suas reivindicações para beneficiar as populações mais necessitadas de serviços de qualidade por parte do poder público e da sociedade em geral.

Temos eleições gerais em outubro e podemos com nosso voto mudar a realidade brasileira. Prepare o seu título de eleitor, debata com seus amigos, colegas e familiares e vamos juntos à luta por um Brasil justo, desenvolvido e melhor pra todos!

Clique aqui e leia outros artigos.

Conteúdo Relacionado

Luta pelo fim da violência contra o idoso continua – Milton Cavalo

Junho, o mês de combate à violência contra a pessoa idosa terminou. Mas a questão continua. A violência contra o idoso é uma questão...

A realidade e o povo falam mais alto que o mercado – Adilson Araújo

Pesquisa recente da Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira (10), indica uma significativa alta na aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que atingiu...

Dia de jogo e dia de luta – Ricardo Pereira de Oliveira

Tem uma famosa frase do escritor Nelson Rodrigues que diz: “A seleção é a Pátria de chuteiras”. Depois daqueles 7x1 que levamos da Alemanha...

Viver é aprender: o que a vida pode nos ensinar – Antônio Augusto De Queiroz

Vivemos em mundo caótico, confuso e sobretudo conflagrado, onde opiniões são formadas sem qualquer controle ou mediação, muitas vezes influenciadas por algoritmos, constituindo-se numa...

Com a Sabesp privatizada, você vai entrar pelo cano! – Eduardo Annunciato – Chicão

É no mínimo inexplicável a disposição que grande parte do povo paulista tem para desperdiçar o seu voto. Como o Estado mais rico do...