SP bate mais um recorde com 365 mortes por Covid-19 em 24h

0
441

O Estado de São Paulo, epicentro da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, bateu mais um recorde de mortes nesta terça-feira (16). O estado registrou 365 óbitos provocados pela Covid-19 nas últimas 24 horas — número mais alto desde o início da pandemia. Já são 11.132 vidas perdidas no estado em decorrência da doença. O total de pessoas infectadas saltou de 181.460 para 190.285 – 8.825 casos a mais entre segunda-feira (15) e terça.

Segundo especialistas, o Estado pode ter um aumento nos números de casos e óbitos com a abertura precoce das atividades econômicas em algumas regiões, entre elas, a capital da paulista.

Nos últimos dias foram registradas muitas filas em lojas, aglomerações nos comércios mais populares como o da Rua 25 de Março, do Largo da Concórdia, no Brás, e Santo Amaro, onde centenas de pessoas circulam livremente sem máscaras.

A capital paulista precisou de 90 dias para ultrapassar os 50 mil casos da doença. Em 26 de maio, alcançou a soma de 51.852 doentes. Em apenas 20 dias, o município dobrou a marca, chegando aos 100.627 e mais de 5 mil mortes, registros desta segunda-feira (15).

A cidade tem praticamente o mesmo número de casos que todo o Canadá, que tem 100.707 casos. Há mais pessoas com confirmação da doença em São Paulo que na China (84.339), onde foram descobertos os primeiros registros do novo coronavírus no fim do ano passado. A capital paulista tem mais casos que Colômbia (51.087) e Equador (46.751) juntos.

UTIs – De acordo com os dados divulgados pelo governo estadual na terça, 16, o estado tem uma ocupação de 70,6% nos leitos de UTIs. Em toda a Grande São Paulo o número é de 77,1%. No total, já 5.339 pessoas estão internadas em UTIs, enquanto 8.396 pacientes estão em enfermarias em todo o estado.

Fonte: CUT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui