O Técnico em Enfermagem, André Luiz Prazer, decidiu entrar em greve de fome até que o Projeto de Lei 2.564/2020 seja aprovado no Congresso. Esse PL estabelece o Piso Nacional do Enfermeiro, Técnico, Auxiliar e Parteira. Esse Projeto já foi aprovado por unanimidade no Senado e agora aguarda votação na Câmara dos Deputados.

André ganhou notabilidade após ir até Brasília com um cartaz em que diz ser do Rio de Janeiro e que fará a greve de fome até a aprovação do Piso Nacional da categoria.

Segundo Josy Jacob, que é dirigente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal, a manifestação é justa. “A luta representa quase três milhões de profissionais. André teve o ato de coragem de sair de seu Estado, com poucos recursos, e passar dias com fome. Isso não pode passar despercebido. A gente tem que dar visibilidade”, afirma.

Reportagem – O jornal Metrópoles repercutiu o caso em seu canal de YouTube, com reportagem em vídeo explicando o caso. No vídeo, André pede apoio da categoria.

“Vamos nos unir, fortalecer a categoria, os nossos representantes e nossas entidades”, conclama o Técnico em Enfermagem. Clique aqui e assista à reportagem completa.

MAIS – Acesse o site do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui