17.2 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Valorizar a engenharia e seus profissionais

Data:

Compartilhe:

Neste 11 de dezembro, data em que se celebra o Dia do Engenheiro, vamos comemorar e reivindicar o justo reconhecimento aos profissionais da engenharia que trabalham por um mundo melhor.

Em dezembro, além das festividades de final de ano, os engenheiros comemoram o dia 11, consagrado em sua homenagem, na data do decreto de 1933 que estabeleceu a regulamentação do exercício da profissão de engenharia, juntamente com a arquitetura e a agrimensura.

É certamente momento de celebrar uma atividade que está diretamente ligada ao desenvolvimento, ao bem-estar da população e à preservação ambiental.

Onde existe engenharia há geração de riqueza com uso racional dos recursos naturais, segurança e conforto para as pessoas, inovação e ganhos de produtividade. Onde ela falta há desperdício, acidentes e ineficiência.

Por isso mesmo, cabe aproveitar a ocasião para lançar luz sobre a importância de valorizar essa categoria, seja no setor público ou no privado. Para que possam dar a sua melhor contribuição à sociedade, os engenheiros precisam em primeiro lugar ter oportunidades de trabalho e inserção social. O Brasil deve formar cada vez mais e melhores profissionais e criar um ambiente socioeconômico que lhes permita atuar, desenvolver produtos e processos que façam o País avançar.

Além disso, esses profissionais merecem uma justa remuneração, compatível com a complexidade de seu trabalho. O salário mínimo profissional estipulado na Lei 4.950-A/1966, o qual precisamos defender arduamente junto ao Congresso há alguns meses, é um dispositivo norteador para essa questão e deve ser respeitado. Nada virá de bom da precarização e da superexploração dos trabalhadores em geral, e sobretudo dos quadros qualificados. É preciso criar uma dinâmica virtuosa de desenvolvimento na qual caibam a prosperidade das empresas e o bem-estar da sua mão de obra, cidadãos e consumidores, com direito a uma vida digna.

Por fim, o trabalho do engenheiro exige respeito ao seu conhecimento, que não pode ser suplantado por interesses políticos, econômicos ou de qualquer natureza. A responsabilidade do profissional, em todos os segmentos e modalidades, é muito mais que mera burocracia e exige que lhe seja garantida autonomia técnica.

Por tudo isso, o SEESP, que representa os 200 mil Engenheiros do Estado de São Paulo, luta, histórica e cotidianamente, em defesa dessas bandeiras, empenhando-se pelo reconhecimento dos engenheiros, independentemente de como se dá sua atuação, como servidor público, empregado do setor privado, autônomo ou empresário.

Também tradicionalmente, desde 1987, marcamos o Dia do Engenheiro com a entrega do Prêmio Personalidade da Tecnologia, concedido anualmente a seis profissionais de destaque em suas áreas de atuação, honrando, assim, aqueles que com seu saber, competência e dedicação fazem o mundo melhor, o que nos remete ao espírito da nossa profissão. Na edição de 2021, a cerimônia acontecerá de forma virtual, nesta quinta-feira (9/12), às 17 horas.

Apesar da distância, será uma oportunidade de confraternização não só com os agraciados, mas com a nossa categoria, que poderá acompanhar o evento pelo nosso canal no YouTube.

Parabéns aos engenheiros brasileiros que trabalham todos os dias para contribuir com a construção de um País desenvolvido, justo e democrático. Viva o 11 de dezembro!

Clique aqui e leia mais artigos de Murilo Pinheiro.

Murilo Pinheiro
Murilo Pinheiro
Murilo Pinheiro é presidente do Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (Seesp) e da Federação Nacional da categoria (FNE)

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...