17.8 C
São Paulo
sábado, 18/05/2024

Acordo na Borracha amplia ganhos na base

Data:

Compartilhe:

O sindicalismo é a organização que ajuda a distribuir renda, num País onde a concentração é marca histórica. Exemplo é o recente acordo entre Sindicato dos Borracheiros da Grande SP (Sintrabor) e a Bridgestone, em Santo André. A entidade sindical é presidida por Márcio Ferreira. A negociação teve suporte do advogado César Graniéri.

A Agência Sindical ouviu o dr. César. Principais trechos:

Abrangência – “Acordo abrange entre 2,7 mil e três mil empregados. A validade, englobando ajustes a serem feitos em certas cláusulas econômicas, vigora até maio de 2026”.

Reajuste – “Salários em geral, INPC cheio. Piso (Normativo) a partir de junho terá aumento de 10,5%”.

Benefício – “Vale-alimentação para os horistas será de R$ 380,00 a partir de junho; irá pra R$ 390,00 em 2025.”

Cláusulas sociais – “Mantidas integralmente. Mas tivemos também avanços”.
Vale-pneu – “Benefício teve aumento pra R$ 400,00 em 2024, com reajuste do INPC pra 2025”.

Filhos – “Cláusula nova, inclusão de programa de assistência a filhos excepcionais do empregado, com vale-alimentação adicional de R$ 200,00”.

Medicamentos – “Empresa custeará integralmente os medicamentos, bem como o transporte pra realização do tratamento, aos que sofrerem acidente de trabalho, enquanto durar o tratamento”.

Cipa – “Cipeiros serão liberados até quatro dias pra eventos organizados sobre o tema pelo Sindicato”.

PLR – “Acordo de Participação nos Resultados fechado por dois anos. Em 2024, Horistas Prazo Indeterminado e Mensalistas, R$ 13.500,00. Adiantamento de R$ 10.500,00, pago em 2 de abril. Pra 2025, o valor é de R$ 14.000,00, com adiantamento de R$ 11.000,00, em abril próximo.

Pelo acordo, há outros valores, e condições, a depender da função e de empregados remanescentes.

Acordo layoff – “Acordo na Bridgestone garante ao empregado estabilidade por período igual à duração do layoff”.

Itens – O advogado ressalta que o acordo contém outros itens, vários deles voltados para condições específicas da empresa ou de grupos de empregados remanescentes na empresa. As informações devem ser buscadas junto ao Sindicato.

Equiparação – O acordo assegura aplicabilidade imediata, na Bridgestone, da Lei 14.611/23, que assegura paridade salarial entre homens e mulheres em igual função.

Segundo o dr. César, “esse acordo, amparado em lei, abre espaço para tratativas semelhantes em outras empresas”. Pirelli, Goodyear e Maggion, entre outras, integram a base sindical do Sintrabor.

MAIS – Site do Sintrabor.

Conteúdo Relacionado

Futebol dos Metalúrgicos volta domingo e arrecada para o Rio Grande do Sul

Ganha reforço neste domingo (19) a campanha do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região em prol das vítimas das enchentes do Sul. A...

Cartilha do MPT lista os atos antissindicais

O Ministério Público do Trabalho publicou a cartilha "Atos Antissindicais. O que fazer?". Documento idealizado pela Conalis - Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade...

Centrais farão Plenária

Quarta, 22, as Centrais Sindicais realizarão plenária em Brasília. A parte da manhã será dedicada a debater a Pauta Unitária aprovada na Conclat 2022,...

O Sul precisa de ajuda, diz líder frentista

O Sindicato dos Frentistas do Rio Grande do Sul fica no Centro de Porto Alegre, Capital. Na quarta, 15, às 11h50, a água ainda...

Sinpro Campinas completa 83 anos

quarta, dia 15, o Sinpro Campinas completou 83 anos. Integrante da Federação (Fepesp), a entidade representa o professorado da rede privada, além do Sistema...