19.8 C
São Paulo
sábado, 22/06/2024

Agência republica entrevista com Stédile, do MST

Data:

Compartilhe:

Em 2016, acontecia, em São Paulo, a Primeira Feira da Reforma Agrária do MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.

A Agência Sindical estava no Parque da Água Branca e entrevistou o líder histórico do Movimento, João Pedro Stédile. Entrevista feita pelo jornalista João Franzin.

                                                          Principais trechos:

Ele deu três razões para as pessoas apoiarem a reforma agrária.

Primeira: “Organizamos os pobres. Assim, as pessoas ficam no campo e não virão se aglomerar nas cidades, agravando os problemas urbanos, inchando as favelas, caindo na exclusão e, muitas vezes, na violência”.

Segunda: “Transformamos o assentado em produtor de alimentos. E para toda a sociedade. Nossos assentamentos produzem 297 tipos de alimentos. O agronegócio, apenas cinco: cana, milho, soja, gado e eucalipto. Ou seja, quase nada pra comer e quase tudo pra exportar”.

Terceira: “Democratizamos a posse da terra e também a Educação. Sempre, nos assentamentos, nós construímos escolas. Conseguimos apoio de programa governamental pra formar profissionais de nível superior. Já temos mais de 15 mil, entre agrônomos e outros”.

Agroecologia – “A grande propriedade pratica a monocultura e não explora as potencialidades do solo. Nós, não. Em pequenas glebas, plantamos um pouco de tudo, aproveitando o que o solo oferece. E sem agrotóxico. Quer ver um exemplo dessa eficácia? É só olhar pro Japão, onde a propriedade não pode ter mais de dois hectares e nenhum japonês passa fome”.

Agroindústria – “Um passo adiante foi na instalação de agroindústrias. Assim, processamos e embalamos produtos que teriam vida curta – mel, leite e outros. Mas sem conservantes”.

ASSISTA – Clique aqui e assista à íntegra da entrevista.

Conteúdo Relacionado

Avançam as negociações pró-custeio sindical

Centrais, Confederações e outras entidades, com apoio das assessorias, articulam em Brasília um modelo estável de custeio sindical.Para André Santos, originário do Diap e...

Sindicato dos Metalúrgicos negocia e mais 400 recebem PLR

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região conduziu, entre segunda (17) e terça, dia 18, mais duas assembleias de Participação nos Lucros e/ou...

Greve na Renault conquista R$ 25 mil de PLR

A forte greve na Renault/Horse, em São José dos Pinhais, PR, terminou com avanços. Após o fim da movimento, de um mês, a empresa decidiu...

Comerciários aumentam serviço médico

O Sindicato dos Comerciários de Guarulhos aumentou as parcerias médicas. Agora, além de tratamento odontológico, sócios e dependentes dispõem de consulta gratuita com cardiologista...

Centrais e Lula clamam pela queda dos juros

As Centrais Sindicais protestaram na terça (18) em frente ao Banco Central, em SP, reivindicando a continuidade da queda nas taxas de juros -...