17.5 C
São Paulo
sexta-feira, 19/04/2024

Avanços fundamentais – João Guilherme Vargas Netto

Data:

Compartilhe:

De todas as fotos que nos chegaram da cobertura pela mídia grande e redes sociais, da visita presidencial brasileira à China, quero destacar uma por seu caráter singular, inaudito e relevante. A singularidade é sempre uma chave.

Refiro-me à foto em que aparecem, pela ordem da esquerda à direita, o presidente Lula, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, Moisés Selerges, o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, o presidente Xi, o presidente da UGT, Ricardo Patah, o presidente da CUT, Sergio Nobre, e o dirigente do MST, João Pedro Stédile.

É inaudito que dois Presidentes, de grandes e poderosos países, se fotografem juntos com uma delegação de dirigentes sindicais em visita ao país anfitrião. Não concebo no mundo inteiro de hoje a possibilidade de uma situação parecida.

O retrato é a confirmação da relevância para o visitante e para o visitado do movimento sindical dos trabalhadores, representado pelos dirigentes sindicais brasileiros, que sofreram nos anos bolsonaristas o mais afetado desprezo.

Os dirigentes sindicais participaram ativamente de todos os grandes eventos durante a visita e, em especial, reuniram-se com os colegas chineses que foram convidados a visitar o Brasil.

Trata-se agora na volta da responsabilidade acrescida depois desses desempenhos.

A grande tarefa que lhes será incumbida em sua volta, juntamente com todos os dirigentes sindicais, será a organização e efetivação das comemorações unitárias do 1º de Maio (para as quais os convidados chineses não tiveram condições de aceitar o convite de participação devido à premência do tempo), tendo como eixo central a defesa da política do salário mínimo e o anúncio de seu novo valor.

Assim como ficaram bem na foto, os dirigentes, cumprindo a pauta da Conclat 2022, devem fazer redobrados esforços para garantir esses avanços, fundamentais para os trabalhadores, para a economia e para o próprio governo brasileiro.

João Guilherme Vargas Netto – Consultor sindical de entidades de Trabalhadores e membro do Diap.

Clique aqui e leia mais opiniões de Vargas Netto.

João Guilherme
João Guilherme
Consultor sindical e membro do Diap. E-mail joguvane@uol.co.br

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...