Bancários de SP, Osasco e Região terão aumento de 4,58%

0
116

Está definido em 4,58% o reajuste salarial dos bancários da Capital, Osasco e Região, retroativo a 1º/9, data-base da categoria. O índice foi conhecido na terça (12), com a divulgação do INPC acumulado, que foi de 4,06. À inflação acumulada, se soma 0,5% de ganho real.

O tamanho e a regra para o aumento haviam sidos definidos pelas negociações da a campanha salarial do ano passado.

O aumento de 4,58% também vale para a PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados), bem como nas demais cláusulas econômicas da Convenção Coletiva. São elas: Vales refeição e alimentação, auxílio-creche/babá, gratificações, auxílio home office, etc.

A presidenta do Sindicato, Neiva Ribeiro, avalia. “Em desfavorável aos trabalhadores, além de garantirmos o aumento real deste ano, mantivemos todos os direitos.”

A dirigente reforça, porém, que também houve avanços em “questões fundamentais”: regulamentação do teletrabalho, com garantia de ajuda de custo (R$ 1.036,80 anuais); e combate aos assédios sexual e moral.

PLR – A PLR dos bancários é paga em duas etapas: a primeira virá agora, até 30 de setembro. Já a segunda parcela virá em 2024, com o fechamento do balanço dos bancos e a consolidação dos seus lucros. Os bancos têm até 1º de março para creditar a parcela final da PLR 2023.

A base do Sindicato inclui São Paulo, Osasco e mais 15 municípios da Região. São mais de 139 mil trabalhadores.

MAIS – Acesse o Site dos Bancários SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui