13.9 C
São Paulo
quarta-feira, 27/05/2020

Bom jornalismo e variedade elevam audiência da RBA

Na região Metropolitana de São Paulo, a TVT (TV dos Trabalhadores) já ocupa a quarta posição em audiência – Canal 44 UHF. A Rádio Brasil Atual possui 45 mil ouvintes rotativos. E o portal da Rede chega a cinco milhões de acessos/mês.

As informações foram dadas por Paulo Salvador, jornalista e ex-bancário, que integra a direção da Rede. Ele falou segunda (18) na live da Agência Sindical, conduzida pelo jornalista João Franzin. Entre os feitos da RBA, Salvador cita a transmissão do 1º de Maio Unificado. Houve momentos, relata, em que a transmissão – na TVT com conteúdo desta em emissoras comerciais – alcançou o pico de audiência na Grande SP.

Confira os principais trechos: 

Carreira
Cursei jornalismo quando trabalhava no Banespa. Em 1991 me chamaram pra compor a chapa do Sindicato dos Bancários de SP. No Sindicato ocupei a secretaria de Comunicação.
Os Bancários sempre investiram em comunicação com a categoria. Para atender essa necessidade, tínhamos a Folha Bancária, diária, e também jornais por bancos. Era um time de feras, como Paulo Donizete, Renato Rovai, entre outros, preocupados com modernização. Foi o Rovai que sugeriu a Revista dos Bancários. Fomos, gradativamente, introduzindo as novas tecnologias. Um processo natural.

Investimento
Sempre defendemos investir em comunicação. Utilizar textos mais curtos, pegadas populares. Fomos a primeira redação a tratar na categoria temas polêmicos à época como a Aids, o racismo, juventude, entre outros. A direção sindical tinha essa concepção.

Rádio
Havia a Rádio dos Bancários, em espaço na Gazeta. Mas paramos devido à situação financeira e também por conta da questão política. Quando Luiz Marinho assumiu a presidência da CUT, pediu pra rádio voltar. Começamos a fazer o Jornal do Trabalhador na 9 de Julho e depois na Rádio Atual. No governo Lula, saiu a concessão de duas rádios. E a TVT, que já era produtora, com um acervo muito rico, passou gerar conteúdo. Passamos pra 98,9 MHz e aos poucos construímos a programação. Considero algumas decisões que históricas, como quando Bancários e Metalúrgicos se uniram na comunicação. Lançamos a Revista do Brasil , começamos a produzir conteúdo e montar a equipe das duas rádios e da TVT.

Audiência da TVT
Hoje, é a quarta emissora na Grande São Paulo. Em várias ocasiões, ultrapassa a Globo. No 1º de Maio ficamos em terceiro. E diversos canais reproduziram nossas imagens. Além disso, conquistamos um aumento fantástico da audiência ao perceber que, durante a pandemia, cresceu a procura por informações jornalísticas na Rádio e TV. A Rádio Brasil Atual passou de 10 mil ouvintes rotativos por minutos pra 45 mil. Estamos entre as 30 maiores.

Comunicação substitutiva
A gente já começa a ocupar o lugar da velha mídia. Em pouco tempo, as pessoas não vão mais precisar assistir a outros canais de TV pra se informar sobre cidadania, saúde, economia, mundo do trabalho, entre outros. Teremos esse conteúdo.

Site da Rede
A Rede Brasil Atual começou com a Revista do Brasil. Tiragem de 360 mil exemplares, com 60 Sindicatos no projeto. Daí surgiu a necessidade de um site. A logística do impresso é muito cara. Essa ideia deu origem à RBA.

Credibilidade
Os fatos são muito bem apurados e com viés para o mundo do trabalho. Os Sindicatos são distribuidores de renda e de garantia dos trabalhadores. A Rede Brasil Atual mostra isso. Temos matérias que ultrapassam 1 milhão de acessos.

Pluralidade
Temos orientações firmes. A primeira é não deixar de colocar em nossos programas negros, mulheres, indígenas e jovens. O Paulo Vanucchi, que é o presidente, faz muita questão. E a outra é dar voz a representantes das Centrais ou correntes políticas. Colocamos opiniões diferentes. Convido todas as entidades sindicais a abrir sua pauta, que a gente abre os microfones.

Assista – Clique aqui e assista à live com Paulo Salvador.

Notícias

Matérias Relacionadas

Open chat
Fale com a Agencia Sindical