20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Duas Campanhas, uma única luta!

Data:

Compartilhe:

Este ano estamos enfrentando duas campanhas que se cruzam diretamente e que o sucesso de uma depende exclusivamente do sucesso da outra. Demos início em nossa Campanha Salarial de 2022 e estamos a poucos dias das eleições que definirão o futuro dos trabalhadores e de seus sindicatos em nosso país.

É fundamental entendermos que todas as nossas ações, seja na Campanha Salarial e na Campanha Eleitoral, terão reflexo direto na vida dos trabalhadores. Sabemos que nos últimos quatro anos os direitos conquistados após muitas lutas vêm sendo retirados descaradamente pelo atual governo que busca precarizar cada vez mais a vida do trabalhador e privilegiar os patrões.

Sabemos que nossa força de negociação em nossa Campanha Salarial dependerá em muito do resultado das eleições no dia 02 de outubro e sabemos, principalmente, qual candidato à Presidência da República, Senador, Governador e deputados (as) realmente possuem compromisso com as pautas voltadas para uma vida digna a toda classe trabalhadora brasileira.

Portanto, a situação está clara. Mais do que mobilizarmos em nossa Campanha Salarial por reajuste de salários e manutenção de nossa Convenção Coletiva, é preciso que estejamos nas fábricas, nas assembleias, no bate papo com cada trabalhador e trabalhadora alertando e defendendo o voto naqueles que realmente poderão trazer novamente, ao povo brasileiro, a esperança e a garantia de dias melhores como já tivemos no passado.

Mais do que nunca, nossa Campanha Salarial se confunde com a Campanha Eleitoral e nem poderia ser diferente. Votar no atual governo significa perder cada vez mais direitos e nossos objetivos sempre foram o contrário. Conscientes, mobilizados e unidos, certamente sairemos vitoriosos com todos os trabalhadores de nosso país. Como sempre, nossa luta cotidiana por direitos e qualidade de vida continua!

Clique aqui e leia mais opiniões 

 

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...