26 C
São Paulo
domingo, 19/05/2024

Frentista de MG conquista ganho real

Data:

Compartilhe:

Os trabalhadores do Estado de Minas Gerais fecharam acordo coletivo quinta, 11, depois de cinco meses de negociações com o patronato. Eles terão 6,97% de reajuste salarial, retroativo a novembro de 2023, data-base da categoria. Além disso, vão receber R$ 540,00 a título de PLR – Participação dos Lucros e ou Resultados da empresa.

O acordo se aplica aos mais de 40 mil funcionários de todo o Estado que trabalham em postos de combustíveis, derivados, trocas de óleo, incluindo lava-rápidos e lojas de conveniência.

As diferenças salariais do período serão pagas em três parcelas. Nos holerites de julho, agosto e setembro, assim como o resíduo referente ao 13º salário de 2023. Já a Participação nos Lucros (PLR) será depositada em abril, maio e junho, no valor de R$ 180,00 por mês.

Avanços – Entre as principais conquistas da negociação coletiva está o reajuste da cesta básica, de 20%, passando de R$ 170,00 pra R$ 205,00, já em abril. A categoria também manteve todas as cláusulas sociais da Convenção Coletiva, tais como seguro de vida, adicional de caixa, gratificação de férias de 20 horas e a opção de cesta básica em alimento ou cartão.

A negociação entre o patronato e o Sinpospetro de Belo Horizonte foi acompanhada pelo vice-presidente do Fenepospetro, Francisco Soares de Souza (o Chico Frentista). “O acordo foi razoável, considerando-se o que foi oferecido inicialmente e o que acabou concretizado”, avalia o histórico dirigente da categoria.

Dificuldades – Houve sete reuniões entre as partes até o acordo final. Incialmente a proposta patronal era um reajuste de apenas 70% do INPC acumulado até novembro de 2023 (4,14%).

“Até a quinta rodada de negociações, o sindicato patronal manteve essa mesma proposta. Os patrões não queriam sequer repor a inflação do período”, lembra Possidônio Valença, presidente do Sinpospetro BH.

Em relação à PLR, a oferta inicial era de apenas R$ 100,00. Porém, ao final mais que quadruplicou, chegando a R$ 540,00. O presidente Possidônio comenta: “Todo ano nós temos dificuldades nas negociações, mas essa foi essa está entre as mais demoradas de todas”.

Compare – O INPC acumulado estava em 4,14%. O reajuste obtido pelo Sindicato assegura 2,83 pontos percentuais acima da inflação nos salários. A cesta básica obtém cerca de 20% acima do valor anterior.

MAIS – Saiba mais no site do Sinpospetro BH e na Fenepospetro.

Conteúdo Relacionado

Futebol dos Metalúrgicos volta domingo e arrecada para o Rio Grande do Sul

Ganha reforço neste domingo (19) a campanha do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região em prol das vítimas das enchentes do Sul. A...

Cartilha do MPT lista os atos antissindicais

O Ministério Público do Trabalho publicou a cartilha "Atos Antissindicais. O que fazer?". Documento idealizado pela Conalis - Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade...

Centrais farão Plenária

Quarta, 22, as Centrais Sindicais realizarão plenária em Brasília. A parte da manhã será dedicada a debater a Pauta Unitária aprovada na Conclat 2022,...

O Sul precisa de ajuda, diz líder frentista

O Sindicato dos Frentistas do Rio Grande do Sul fica no Centro de Porto Alegre, Capital. Na quarta, 15, às 11h50, a água ainda...

Sinpro Campinas completa 83 anos

quarta, dia 15, o Sinpro Campinas completou 83 anos. Integrante da Federação (Fepesp), a entidade representa o professorado da rede privada, além do Sistema...