Frentistas entregam “Carta aos Deputados”

0
79

Terça (dia 12), lideranças dos frentistas farão esforço concentrado junto à CCJ na Câmara dos Deputados, em Brasília. O objetivo é levar a voto o relatório favorável ao Projeto de Lei 3.299/2021, que regulamenta a profissão. Relator é Patrus Ananias (PT-MG).

Carta – Afora dialogar com os membros da Comissão, as direções frentistas entregarão a

“Carta aos Deputados”. O documento explicita os objetivos do PL e aponta as vantagens, à categoria e mercado, da profissionalização do setor.

Diz a Carta: “Ilustre deputado, ilustre deputada. Tome esse documento com um apelo. Apelo de 500 mil vozes ao senso de justiça, civismo e à valorização do trabalho, que habita a consciência de Vossas Excelências”.

E segue: “O Brasil tem 500 mil trabalhadores em postos. Nas movimentadas avenidas metropolitanas, nos becos ermos, nas rodovias congestionadas ou remotas deste País, aonde se vá haverá um posto, um homem ou mulher pronto pra abastecer moto, carro ou caminhão, limpar parabrisa, medir o nível de óleo, calibrar pneus, verificar a validade do extintor, enfim, deixar o auto em condições de prosseguir”.

Diálogo – Presidente da Federação Nacional – Fenepospetro – Eusébio Luis Pinto Neto, diz:

“Conhecemos e respeitamos a diversidade ideológica na Câmara. Acredito no diálogo pra aprovarmos a matéria”, afirma. Outro dirigente engajado na aprovação do PL é Luiz Arraes, que preside a Federação da categoria no Estado de São Paulo.

Qualificação – Os dirigentes veem na regulamentação uma oportunidade concreta de abrir portas para novas parcerias e mais qualificação. Eusébio diz: “A Agência Nacional do Petróleo, o Sistema S, o Ministério do Trabalho e várias entidades empresariais também apostam na qualificação, que ajudará na produtividade, nos ganhos e também na redução dos acidentes de trabalho”.

Quanto a cursos de aperfeiçoamento já há em andamento tratativas com a ANP.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui