GT quer revitalizar Pasta do Trabalho, diz Patah

0
141
GT do Trabalho

Desde que anunciado como da equipe do Trabalho, no GT de transição do governo, Ricardo Patah, presidente da União Geral dos Trabalhadores e dos Comerciários da Capital paulista, tem afirmado que o papel principal é de recriar o Ministério do Trabalho.

Segundo o ugetista, é pleito das Centrais e de todo o movimento sindical a recriação da Pasta. “Até porque seu desmonte facilitou a ampliação dos abusos, inclusive com crescimento do trabalho análogo à escravidão”, alerta Patah.

online pharmacy buy temovate no prescription pharmacy

O dirigente conta que, por ser o tempo muito curto, o foco principal do GT é coletar dados do Ministério, que nos primeiros dois anos de governo Bolsonaro atuava como Secretaria Especial, dentro do Ministério da Economia, para apontar um diagnóstico completo.

“Desse diagnóstico, definiremos a estratégia de quem vai se envolver de fato no Ministério do Trabalho”, afirma Ricardo Patah. “Mas o mais importante nesse momento é ter ciência de como se encontra a Pasta”, comenta.

online pharmacy buy amoxil no prescription pharmacy

Desejo – “Queremos o Ministério como era na época dos primeiros governos de Lula, com pujança, forte atuação na defesa do trabalhador, qualificação, capacitação profissional e corpo técnico adequado de Servidores”, ressalta o líder ugetista.

Equipe – Para o presidente da UGT, a equipe do Trabalho dispõe de membros capazes de realizar um diagnóstico profundo. “Porque temos os sindicalistas, mas também a participação de pessoas qualificadas, como Fausto Augusto Junior, diretor-técnico do Dieese, e Clemente Ganz Lúcio, que também já ocupou a direção técnica da entidade”, conclui Ricardo Patah.

online pharmacy buy stromectol no prescription pharmacy

MAIS – Site das Centrais Sindicais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui