23.9 C
São Paulo
domingo, 14/07/2024

Mais de 100 mil margaridas se reúnem para Marcha

Data:

Compartilhe:

Milhares de mulheres do campo, floresta e cidade estarão em Brasília, dias 15 e 16, na 7ª Marcha das Margaridas. O lema é “Pela Reconstrução do Brasil e pelo Bem-Viver”.

Organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura, a Marcha é a maior mobilização feminina da América Latina.

Demandas – A pauta, com 13 eixos, foi entregue a ministros do governo, no Palácio do Planalto, dia 21 de julho. Entre as reinvindicações estão igualdade de direitos, combate à violência, acesso à terra e garantia dos direitos territoriais.

Segundo Mazé Morais, secretária de Mulheres da Contag e coordenadora-geral da Marcha, as demandas deste ano foram apuradas em reuniões pelo País. Ela diz: “O documento defende a efetivação de programas, medidas e ações que contribuam pra nossa autonomia econômica e igualdade de direitos”.

Lula – Em diálogo com as Margaridas, o presidente Lula se comprometeu a tentar atender boa parte das demandas.

Para Celina Arêas, secretária da Mulher da CTB, o evento acontece num momento singular. “Nosso lema é a reconstrução do Brasil e pelo bem-viver. Temos convicção de que haverá uma reviravolta em relação ao que sofremos com Bolsonaro”, afirma. Ela destaca que entre as demandas estão a garantia de terra pra trabalhar e dos empregos. “Lula já adotou políticas nesse sentido, entre elas a lei por salário igual pra homens e mulheres na mesma função”, celebra Celina.

Além da tradicional caminhada pela Esplanada dos Ministérios, a 7ª Marcha das Margaridas promoverá oficinas, debates, números culturais, plenárias e outras atividades. A abertura política será dia 15, às 17 horas, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

História – O nome Marcha das Margaridas homenageia Margarida Maria Alves, presidente do Sindicato dos Rurais de Alagoa Grande,  Paraíba, assassinada em 12 de agosto de 1983, a mando de latifundiários.

MAIS – Acesse o site da Contag.

Conteúdo Relacionado

Consultor vê País normalizado e Lula mais forte

O ambiente nacional está mais calmo. A economia vai bem. As relações entre Executivo e Legislativo avançaram. E as condições para o diálogo e...

Sindicato e UGT apoiam luta nos EUA

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo (filiado à UGT) foi representado pela diretora Maria das Graças da Silva Reis nos atos da Campanha...

Futebol Metalúrgico faz final domingo

Termina dia 14, domingo, o 27º Campeonato de Futebol dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região (Grande SP). Competição já teve 57 partidas, com 195...

Foi forte o Dia da Luta Operária

Teve grande participação sindical e popular a edição 2024 do Dia da Luta Operária, em 9 de julho. Mesmo com frio intenso e chuva,...

Mercado é 0,5% da população, diz economista

Nas últimas semanas, a palavra mercado foi uma das mais utilizadas na mídia, principalmente pelos comentaristas de economia.O viés ideológico dessa cobertura empodera o...