Diretor-clínico do Hospital Carlos Chagas, o dr. Edmundo Vieira Prado Filho participou da live do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região quinta (24). O tema foi Telemedicina. Ele explicou a modalidade e relacionou vantagens.

O cardiologista aponta quais as especialidades mais atendidas, cuidados, segurança, custo e tempo da consulta on-line. Seu alerta: “É uma modalidade está em crescimento, mas não pode substituir o atendimento presencial. Ela pode ser importante pra estabelecer o diagnóstico, mas em algum momento o paciente precisará ir ao médico”.

Para o dr. Edmundo, essa modalidade foi implantada no começo da pandemia porque as pessoas tinham medo de ir aos hospitais. “Houve um incentivo por parte das instituições em promover a Telemedicina”, explica.

 

Ele afirma, ainda, que em caso de contaminação por Covid-19, é possível fazer os procedimentos de forma on-line. “Posso pedir um ecocardiograma ao paciente via remota e ele me passa o resultado. E funciona”, garante o diretor-clínico do Carlos Chagas.

Resultado – Os pedidos de exames são feitos via WhatsApp ou e-mail. O médico que atende por Telemedicina, além de contratar serviços de plataforma digital, faz certificação digital pra que os pedidos sejam validados pelo convênio do paciente. Além disso, o custo do aparato dos planos é reduzido. “É interessante à operadora e ao usuário”, conclui o dr. Edmundo.

ASSISTA – Clique aqui e assista à íntegra da live metalúrgica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui