A Chapa 1 “A Luta Faz a Lei” foi eleita com 94,97% dos votos para comandar o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes pelos próximos quatro anos. A apuração aconteceu quinta (12), na sede do Sindicato, no bairro Liberdade, em São Paulo.

Durante três dias de eleições,10, 11 e 12 de novembro, metalúrgicos compareceram às urnas para votar na Chapa 1, encabeçada pelo atual presidente do Sindicato, Miguel Torres, também presidente da Força Sindical e da CNTM-Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos. A nova diretoria é composta por 43 membros, dentre os quais seis são mulheres.

Ao final da apurarão, o secretário-geral do Sindicato reeleito, Jorge Carlos de Morais, o Arakém, reafirmou o compromisso com a classe trabalhadora e com a retomada do desenvolvimento do País. “Nossa missão é árdua, mas quem tem compromisso com a classe trabalhadora, e nós temos, consegue se reerguer para enfrentar os desafios, lutar e conquistar”, disse.

Homenagem – Presente à apuração, Cláudio Magrão de Camargo, o Cre, secretário-geral da Federação, foi homenageado com placam da diretoria do Sindicato em reconhecimento à sua trajetória de lutas sindicais em defesa dos interesses da classe trabalhadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui