25.5 C
São Paulo
terça-feira, 23/04/2024

Patronal da educação retoma negociações

Data:

Compartilhe:

Os Sindicatos filiados à Federação dos Professores do Estado de SP (Fepesp) estão esperanços com a retomada das negociações com o patronal Sieeesp, que representa as escolas particulares da educação básica. Dois meses após o julgamento do dissídio, existe a possibilidade concreta de um Acordo Coletivo.

Segundo informa o Sindicato dos Professores de SP (Sinpro-SP), a proposta final será deliberada por assembleia remota dos profissionais da educação básica. A data, porém, ainda não foi definida, mas existe a possibilidade de um dia unificado em todo o Estado.

O retorno do Sieeesp à mesa de negociações é consequência da ação do Sinpro-SP, que exigiu o reconhecimento do dissídio, cobrando reajuste de 6,29% nos salários e a garantia de negociação da Participação nos Lucros e/ou Resultados nos locais de trabalho.

PLR – A estratégia tomada pela entidade foi precisa e, duas semanas após a notificação às escolas da obrigação de negociar a PLR com o corpo docente, os professores de quase 900 instituições de ensino já começaram a escolher os representantes. Durante esse tempo o, o Sinpro-SP ouviu a categoria, ajustou procedimentos e reuniu mais de 500 profissionais pra negociar o beneficio.

De acordo com o presidente da Fepesp, Celso Napolitano, essa é uma determinação da Justiça, que deu prazo de 60 dias pra que os acordos de PLR fossem fechados a partir do julgamento do dissídio. Aliás, foi no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-SP) que as entidades conseguiram renovar as cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho.

O professor Napolitano explica que a Justiça determinou também que sejam formadas comissões tripartites por unidade escolar. Agora, as as entidades filiadas à Fepesp estão mobilizadas nas negocições em busca do benefício.

MAIS – Acesse os sites da Fepesp e Sinpro-SP.

Conteúdo Relacionado

Engenheiros abrem campanha salarial

Acontece quarta, 24, o XXIII Seminário sobre Campanhas Salariais do Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo. Será no auditório do Seesp, à...

Economista explica melhora na renda

A renda per capita no Brasil bateu recorde de crescimento em 2023. Subiu de R$ 1.658,00 pra R$ 1.848,00, alta de 11,5% em relação...

Sindicalismo perde Chicão

Com imensa tristeza, vimos informar a morte de Francisco Cardoso Filho, Chicão, que presidiu o Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região de 1987...

Alimentação busca regulamentar custeio sindical

O pedido de isenção da contribuição sindical por parte do trabalhador só pode ser feito antes da assembleia da categoria. Esta é a posição...

Escola do Sinpro SP promove novos cursos

A Escola de Professores do Sinpro SP está com vagas abertas para dois novos cursos neste mês de abril. A programação é voltada para...