O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (Ivar), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostra que os preços dos aluguéis subiram 0,81% em março deste ano nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

A taxa fica bem abaixo da registrada em fevereiro, de 2,92%. Nos últimos 12 meses, o Ivar acumula inflação de 6,24%, o maior patamar desde o início do estudo, em janeiro de 2019.

O melhor resultado do índice foi em Porto Alegre. A capital do Rio Grande do Sul registrou, em março, queda nos preços dos alugueis (deflação) de 1,25%. São Paulo teve um aumento de 1,30%; o Rio de Janeiro 1,44% de alta; e Belo Horizonte apresentou inflação de 2,32% no último mês.

No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação está em 4,98% em Porto Alegre, 4,09% em São Paulo, 7,27% no Rio de Janeiro e 14,11% em Belo Horizonte.

Ivar – O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais mede a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais em quatro das principais capitais brasileiras, com base em informações de contratos de locação obtidas pelo FGV IBRE, junto a empresas administradoras de imóveis.

MAIS – Clique aqui e acesse o Ivar de março de 2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui