Sindicato dos Vigilantes de Campinas fecha Acordo e salário base aumenta

0
2867

O Sindicato dos Trabalhadores da Vigilância Privada de Campinas e Região (Sindivigilância) fechou a Convenção Coletiva da categoria com reajuste salarial de 4,31%. O acordo está em vigor desde 1º de janeiro e, além do salário, garante outros benefícios.

Piso – Para o cargo de vigilante, o Piso agora é de R$ 1.666,57. Soma-se a este montante o Adicional de Periculosidade, que representa 30% de acréscimo no valor total.

online pharmacy buy neurontin no prescription pharmacy

Com isso, o salário-base chega a R$ 2.

online pharmacy buy lasix no prescription pharmacy

166,54.

Outros cargos, como o de condutor de veículos motorizados, vigilante monitor de segurança eletrônica e supervisor de segurança, também foram contemplados com o reajuste e passam a ter salários que podem chegar a R$ 3.

online pharmacy buy azithromycin no prescription pharmacy

785,26. Confira tabela abaixo.

Refeição – O tíquete teve reajuste de 18% para toda a categoria. O aumento foi real em relação à inflação. Agora, os trabalhadores recebem R$ 29,00 por dia trabalhado.

Presidente – Geizo de Souza, que presidente o Sindivigilância Campinas, valoriza a conquista. “Apesar da crise econômica e dos estragos feitos pela pandemia, fechamos um bom acordo”, avalia.

Direitos – Além do reajuste salarial e no tíquete refeição, todas as cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho foram renovadas.

Tabela – Veja abaixo a tabela completa com todos os reajustes da categoria.