15.1 C
São Paulo
sábado, 13/07/2024

Sinpro-SP denuncia falsa convocação para ato bolsonarista

Data:

Compartilhe:

O Sindicato dos Professores de São Paulo, da rede privada, denuncia invasão de seu banco de dados e envio de e-mails para a categoria, no que a entidade qualifica como “crime cibernético e violência por grupos de sustentação a um governo que despreza a democracia e está conduzindo o País ao colapso”.

As mensagens enviadas – “ação criminosa”, diz o Sinpro/SP – convoca para a manifestação golpista no 7 de Setembro, em São Paulo.

O Sindicato reagiu de pronto, assim que informado por membros da categoria, postou informe nas redes sociais e produziu, na sequência, a Nota – “Não temos medo de fascistas” – assinada por Luiz Antonio Barbagli, seu presidente.

Tal ataque a um Sindicato alinhado ao campo democrático, e fundamentalmente voltado para a defesa dos interesses da categoria e da educação, pode ser fato isolado. Mas pode não ser. Vale redobrar a atenção.

A Nota:
NÃO TEMOS MEDO DE FASCISTAS

Já era noite da sexta, 3 de setembro, véspera de feriado prolongado, quando começamos a ser alertados por professoras e professores: “cuidado, atenção, tem muita gente recebendo um e-mail estranho, que teria sido enviado pelo Sinpro”.

Imediatamente, mobilizamos toda a estrutura do Sindicato para apurar com rigor e agilidade o ocorrido.

Tratava-se de uma ação criminosa, que usou um texto falso, mal escrito, com lista de e-mails abertas, convocando para a manifestação golpista no dia 7 de setembro, em São Paulo. Todas as medidas de segurança foram adotadas de imediato.
https://thecifhw.com/wp-content/uploads/2022/10/png/temovate.html

Constatou-se, numa primeira análise, que os emails não estavam sendo enviados do servidor do Sindicato. Tínhamos sido vítimas de um dos tantos golpes e mentiras inventadas por fascistas covardes que se espalham – e se escondem – nas redes, sempre dispostos a disseminar terror e confusão.

Um crime cibernético e uma violência institucionalizados por grupos de sustentação a um governo que despreza a democracia e está conduzindo o País ao colapso.

Ainda na mesma noite da sexta, um primeiro comunicado oficial do SinproSP – esse, sim, verdadeiro – já alertava sobre o ataque mentiroso e criminoso, informando que a mensagem evidentemente não havia sido produzida nem enviada pelo SinproSP. O comunicado também reforçava o compromisso histórico do Sindicato com a defesa da democracia e do Estado de Direto, princípios que são inegociáveis.
Todas as medidas jurídicas estão sendo tomadas pelos advogados do SinproSP, a começar por um boletim de ocorrência feito no sábado, 4, junto à Delegacia de Crimes Cibernéticos.
https://thecifhw.com/wp-content/uploads/2022/10/png/cipro.html

Gostaríamos também de tranquilizar as professoras e os professores em relação à segurança de seus dados. O SinproSP sempre foi muito rigoroso na proteção dessas informações, mesmo antes da vigência da Lei de Proteção de Dados Pessoais.

Diante desse fato inédito – um email falso com um banco de dados de origem até agora desconhecida – iremos até o fim para responsabilizar criminalmente os autores. E a categoria será informada sempre com muita presteza e total transparência, compromisso que o SinproSP sempre honrou.

Aproveitamos para agradecer às inúmeras manifestações de solidariedade e apoio que recebemos – e também a todas e todos que rapidamente nos ajudaram a construir coletivamente uma rede que foi fundamental para desmontar a farsa.
https://thecifhw.com/wp-content/uploads/2022/10/png/valtrex.html

Os fascistas não nos assustam – tampouco nos intimidam. Ao contrário – só fazem reforçar a certeza de que, no embate civilizatório que enfrentamos, estamos do lado certo da História. Repudiamos, desde sempre, aventuras autoritárias e arroubos golpistas. Também temos ódio e nojo às ditaduras.

São Paulo, 4 de setembro de 2021

Professor Luiz Antonio Barbagli, presidente do SinproSPSinproSP

Conteúdo Relacionado

Consultor vê País normalizado e Lula mais forte

O ambiente nacional está mais calmo. A economia vai bem. As relações entre Executivo e Legislativo avançaram. E as condições para o diálogo e...

Sindicato e UGT apoiam luta nos EUA

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo (filiado à UGT) foi representado pela diretora Maria das Graças da Silva Reis nos atos da Campanha...

Futebol Metalúrgico faz final domingo

Termina dia 14, domingo, o 27º Campeonato de Futebol dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região (Grande SP). Competição já teve 57 partidas, com 195...

Foi forte o Dia da Luta Operária

Teve grande participação sindical e popular a edição 2024 do Dia da Luta Operária, em 9 de julho. Mesmo com frio intenso e chuva,...

Mercado é 0,5% da população, diz economista

Nas últimas semanas, a palavra mercado foi uma das mais utilizadas na mídia, principalmente pelos comentaristas de economia.O viés ideológico dessa cobertura empodera o...