18.3 C
São Paulo
sábado, 22/06/2024

Acordo dos Comerciários de SP garante direitos no setor da construção

Data:

Compartilhe:

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo encerrou a campanha salarial dos trabalhadores do setor da construção.

Após muitas rodadas de negociações e assembleias itinerantes para que os trabalhadores pudessem apreciar a proposta patronal, o Sindicato dos Comerciários de São Paulo fechou a Convenção Coletiva 2019/20.

O acordo beneficia mais de 80 mil trabalhadores do setor e garante reajuste de 3,64%, retroativa a data-base em outubro de 2019 e a manutenção de todos os direitos da Convenção Coletiva de Trabalho. Entre eles, estabilidade pré-aposentadoria, dia do comerciário, regras para trabalhos aos domingos, abono de falta à mãe comerciária para atender enfermidade de filhos menos de 14 anos.

Ricardo Patah, presidente do Sindicato e da UGT, avalia o acordo como exitoso diante do atual cenário de crise econômica. Ele ressalta que uma das conquistas foi a manutenção do direito ao bônus referente ao Dia do Comerciário, comemorado em 30 de outubro. “Para aqueles que trabalharam na mesma empresa de 90 a 180 dias, o bônus corresponde a um dia de trabalho. Já para quem atuou acima de 180 dias, o valor é de dois dias”, ele informa.

Mais – Acesse o site dos Comerciários de SP.

Conteúdo Relacionado

Avançam as negociações pró-custeio sindical

Centrais, Confederações e outras entidades, com apoio das assessorias, articulam em Brasília um modelo estável de custeio sindical.Para André Santos, originário do Diap e...

Sindicato dos Metalúrgicos negocia e mais 400 recebem PLR

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região conduziu, entre segunda (17) e terça, dia 18, mais duas assembleias de Participação nos Lucros e/ou...

Greve na Renault conquista R$ 25 mil de PLR

A forte greve na Renault/Horse, em São José dos Pinhais, PR, terminou com avanços. Após o fim da movimento, de um mês, a empresa decidiu...

Comerciários aumentam serviço médico

O Sindicato dos Comerciários de Guarulhos aumentou as parcerias médicas. Agora, além de tratamento odontológico, sócios e dependentes dispõem de consulta gratuita com cardiologista...

Centrais e Lula clamam pela queda dos juros

As Centrais Sindicais protestaram na terça (18) em frente ao Banco Central, em SP, reivindicando a continuidade da queda nas taxas de juros -...