Aeronautas aceitam proposta e encerram greve

0
192

Aeronautas encerram domingo (25) a greve iniciada no dia 19.
https://brightoneye.net/wp-content/uploads/2018/04/jpg/neurontin.html

Pilotos, copilotos e comissários de bordo aceitaram, em assembleia virtual, a mais recente proposta patronal do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA).

No total, 70,11% dos 5834 votos foram favoráveis à proposta e 27,8%, contrários. A entidade afirmou que 5.834 pessoas participaram da votação.

A proposta aprovada mantém o reajuste de INPC mais 1% (6,97%, no total) da proposta anterior, mas adicionou pontos sociais como multa para o não cumprimento dos horários de escala.

Para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da aviação regular, as empresas propuseram 6,97% de reajuste pelo INPC nos salários fixos e variáveis.
https://brightoneye.net/wp-content/uploads/2018/04/jpg/strattera.html

O percentual inclui 1% de ganho real e vai incidir também nas diárias nacionais (R$ 94,96), além de vale-alimentação no valor de R$ 495,50, piso salarial, seguro e multa por descumprimento da convenção. Os reajustes propostos não incidem nas diárias internacionais.

Em relação à reivindicação da categoria relacionada ao respeito às escalas de trabalho, a proposta define o horário de início das folgas e indenização por descumprimento por parte das empresas, como também a possibilidade de início de férias em sábados, domingos e feriados. Os aeronautas concordaram com uma multa de R$ 500 por mudança de escala que invada o dia de folga do tripulante.

Para Henrique Hacklaender, presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), agora é hora de a categoria conferir e verificar se todos os itens colocados na CCT estão sendo aplicados e vão continuar. “Esse é o começo de uma nova era, em que vamos ter que evoluir muita coisa ainda na parte social e continuar evoluindo na parte financeira”, observou.

De acordo com o presidente, há vários itens que os aeronautas não conseguiram “endereçar este ano. Ele afirmou que a intenção é continuar lutando para que sejam atendidos. “Temos que reduzir essa quantidade de reclamações e de denúncias que o sindicato tem por meio de ouvidorias. Vamos, sim, melhorar a nossa convenção coletiva e ter contratos de trabalho muito bons”, acrescentou.

A greve dos aeronautas, por melhores salários e condições de trabalho, foi suspensa no fim de semana de Natal para que fosse feita a votação da nova proposta. Cerca de 1.125 voos foram suspensos nos aeroportos de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Campinas, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza.
https://brightoneye.net/wp-content/uploads/2018/04/jpg/clomiphene.html

A greve começou na segunda-feira passada (19).

MAIS – Acesse o site do SNA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui