23.8 C
São Paulo
terça-feira, 18/06/2024

Metalúrgicos dão suporte na aposentadoria

Data:

Compartilhe:

Aposentar-se deveria ser uma operação fácil junto à Previdência Social. Mas não é! O emaranhado de leis e de procedimentos burocráticos retarda e dificulta a concessão da aposentadoria: “Ainda mais quando se trata de aposentadoria especial”, observa o dr. Marcílio Penachioni, responsável pelo jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região/ Grande São Paulo.

Por causa disso, a entidade, presidida por Josinaldo José de Barros (Cabeça), voltou a centralizar o atendimento jurídico previdenciário. Isso vale pros que estão em tempo de se aposentar, a quem já se aposentou ou mesmo aos que buscam na Justiça receber diferenças do benefício.

Separe toda documentação solicitada no agendamento e leve tudo no dia do atendimento, como orienta o dr. Marcílio: “Junte todo tipo de documento que possa comprovar tempo de serviço”. Ele explica: “A Previdência nega praticamente 90% dos pedidos. Isso nos obriga a recorrer à Junta de Recursos da Previdência Social. Temos tido êxito eu diria em quase todos os recursos”.

Ainda de acordo com o advogado, a Previdência, ainda que perca no recurso, atrasa o repasse dos benefícios. “Isso nos leva a ingressar com recurso na Justiça, buscando receber os acumulados”.

PPP – Um desses documentos é o Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP. Tal documento relata as condições de trabalho e dá base para a aposentadoria especial do trabalhador. Ocorre que o PPP é expedido pela empresa que, muitas vezes, agindo de má vontade, não fornece o documento. Aí o trabalhador tem que correr atrás e exigir o seu Perfil.

Persistência – Apesar de toda a burocracia da Previdência, o índice de vitória dos trabalhadores nestes requerimentos ainda é alto. Por isso, o Marcílio Penachioni incentiva que todos lutem por esse direito junto ao jurídico do Sindicato: “A aposentadoria deveria ser fácil de obter, mediante apresentação da documentação. Mas não é assim. Por isso, o acompanhamento jurídico se torna essencial”.

Atendimento – Toda quinta e sexta, das 9 às 17 horas, na sede, à rua Harry Simonsen, 202, 1º. andar, Centro, Guarulhos. Com a dra. Sandra Gomes Joaquim. Agendar pelo (11) 2463.5300.

Grátis – O atendimento jurídico é gratuito aos associados e dependentes.

MAIS – Informações no site do Sindicato Siga nas redes sociais: @metalurgicosguarulhos

Conteúdo Relacionado

Metalúrgicos de Catalão conquistam avanços

Depois de muita negociação, terminou com boas notícias a Campanha Salarial 2024/2025 da John Deere, no Catalão, em Goiás. Os metalúrgicos conseguiram conquistar reajuste...

Cesta básica sobe, mostra o Dieese

Pesquisa mensal do Dieese apura que em maio o valor do conjunto de alimentos básicos aumentou em 11 das 17 Capitais. A Pesquisa Nacional...

Sindicato de Niterói firma aditivo com avanços

Mais uma vitória para uma grande parcela de frentistas no Estado do Rio de Janeiro. Desta vez, de Araruama, Cachoeira de Macacu, Guapimirim, Iguaba...

Miguel da Força defende democracia e inclusão

Na quarta (12), Miguel Torres falou em nome do sindicalismo nacional e da classe trabalhadora na Conferência da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra,...

CUT debate os impactos dos parques eólicos para a classe trabalhadora

A CUT debateu nesta terça-feira (11) e quarta-feira (12) em Natal, no Rio Grande do Norte, os impactos dos parques eólicos nas comunidades locais,...