18 C
São Paulo
quinta-feira, 13/06/2024

Centrais debatem com governador do Rio de Janeiro saídas para a crise

Data:

Compartilhe:

As Centrais Sindicais estiveram reunidas em videoconferência nesta sexta-feira (3) com o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel para buscar alternativas para o combate à pandemia do coranavírus no Estado. A Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) reafirmou que o objetivo principal é preservar a vida da população e buscar formas de assegurar o emprego e a renda para a sobrevivência das famílias no Estado.
online pharmacy http://www.tvaxbiomedical.com/images/jpg/vibramycin.html no prescription drugstore

As centrais sindicais entregaram ao governador propostas para o enfrentamento dos efeitos da pandemia.

O presidente da CTB do Rio de Janeiro, Paulo Sergio de Farias, fez um apelo ao governador para que a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual para os trabalhadores da saúde seja prioridade do governo.”Esses trabalhadores estão sem esses equipamentos. Sabemos que eles são a linha de frente no atendimento da população. Já reivindico aqui de vossa excelência que envide todos os esforços para adquirir o equipamento para esses profissionais”.

Paulo também mostrou preocupação com o transporte urbano, que tem circulado com muitos trabalhadores mesmo com a recomendação do isolamento social.
online pharmacy http://www.tvaxbiomedical.com/images/jpg/fluoxetine.html no prescription drugstore

O sindicalista solicitou ao governador que dialogue com o prefeito para buscar uma solução para o transporte. “Os BRTs estão lotados”, reiterou Paulo.

A condição dos moradores das favelas também foi um ponto em que Paulo tocou enquanto se dirigia ao governador. “São três milhões de pessoas morando em favelas em condições de insalubridade que o senhor bem conhece”. O dirigente da CTB ainda reivindicou que a Cedae seja excluída da pauta de privatização e se transforme em um instrumento de universalização do saneamento no Estado.

“Diante desta crise vemos que não é possível absorver a tese do estado mínimo que se mostrou ineficiente e incapaz de resolver os problemas dos brasileiros e promover desenvolvimento. Nesse ponto se faz importante o papel do Estado”, defendeu. Paulo também que é necessário um banco público estadual para ser um agente do desenvolvimento.

O presidente da CTB nacional, Adilson Araújo, também esteve presente na reunião pela internet e considerou importante o encontro e a disposição do governador do Rj de manter um canal aberto com as centrais sindicais. “Witzel afirmou que a prioridade é pagar o salário dos servidores. Disse que as ações do governo não vão prejudicar os trabalhadores públicos”.

Segundo Adilson, Witzel comentou que o presidente Jair Bolsonaro se isolar prejudica o enfrentamento a este problema grave da pandemia. “O governador disse que a resposta a esse drama seria o governo federal liberar o mais rápido os recursos.
online pharmacy http://www.tvaxbiomedical.com/images/jpg/augmentin.html no prescription drugstore

E ele (Witzel) vai manter essa posição de pressão no fórum de governadores e defendeu que é necessário que o governo tenha olhar para os que mais necessitam. Assegurou ainda que vai buscar responder o pleito dos trabalhadores”, contou Adilson.

Propostas encaminhadas pelas centrais sindicais ao governador Wilson Witzel durante a videoconferência:

1.        Criar um Comitê das Centrais com  Governo RJ para tratar da crise e da sua superação

2.        RECONVERSÃO INDUSTRIAL: Recomendação aos Secretários dos Estados para criarem em cada Estado um Comitê para Reconversão Industrial para mapear demanda e oportunidade, encaminhar processo de mobilização e indicar formas de investimento.

3.        Alocar fontes de financiamento para ação de reconversão industrial.

4.        Articular com MPT e sindicatos a elaboração de protocolos de proteção dos trabalhadores em atividades de produção e serviços essenciais, com divulgação massiva.

5. Cuidado com serviços essenciais – plano de proteção

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...