O ex-ministro da Fazenda, ex-governador do Ceará e presidenciável pelo PDT à Presidência em 2022, Ciro Gomes fez pronunciamento nesta terça, 7 de Setembro, sobre o Dia da Independência do Brasil. Em seu discurso, Ciro fez críticas aos apoiadores de Jair Bolsonaro.

Segundo o ex-ministro, os motivos das manifestações deveriam ser contra a miséria, a fome e o desemprego. “Lutar pela Independência é lutar contra a miséria, a fome e o desemprego. E não levar 15 milhões ao desemprego, 19 milhões à fome e 119 milhões à subalimentação”, afirmou.

O político fez questão de lembrar a atuação das instituições democráticas que reagem aos constantes ataques de Bolsonaro. “A mensagem deste 7 de Setembro já se firmou antes que amanhecesse o dia. Isso aconteceu quando nossas instituições começaram a reagir aos desvarios de um estúpido tiranete”, avaliou Ciro Gomes.

“Aconteceu quando vozes discretas, porém firmes, de dentro dos quartéis mandaram mensagem direta para aqueles que trocaram a farda por falsas benesses, quando mandaram dizer a estes que a maioria das Forças Armadas continua fiel à Constituição”, prosseguiu.

Ciro conta que a mensagem de liberdade deste 7 de Setembro aconteceu de forma contundente, porque a maioria da população está ao lado da ordem e da democracia. “Mesmo assim, será preciso sempre muita ação, destemor e vigilância”, ressaltou Ciro.

Vídeo – Clique aqui e assista ao vídeo na íntegra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui