Comerciários de Guarulhos fiscalizam lojas

0
625

A reabertura do comércio, em Guarulhos (SP), aumentou a preocupação do Sindicato da categoria quanto a medidas de prevenção, segurança e saúde ante a Covid-19. A entidade desloca equipes pra fiscalizar lojas e cobrar proteção aos trabalhadores.

Walter dos Santos, presidente, cobra dos patrões e do prefeito Guti. Ele diz: “Queremos testes em massa pros comerciários, principalmente quem atua no comércio de rua e tem contato com muita gente”. A Prefeitura alega que os testes custam caro.

O sindicalista foi entrevistado segunda, 22, na live da Agência Sindical. Dia 12, ele havia participado, pela UGT, de videoconferência com o prefeito local, a fim de cobrar um Protocolo de retorno. Dia 19, houve reunião na Prefeitura, com sindicalistas. “Pouco andou”, ele diz.

Exemplos – “Há empresas que dão exemplo e tudo está nos conformes quanto à saúde dos trabalhadores. Mas há outras que só dão mau exemplo.

Nem álcool gel fornecem. Isso é descaso com a saúde do funcionário. E o pior é que o desmonte do Ministério do Trabalho nos deixou sem fiscais”, comenta Walter dos Santos.

Abusos – O dirigente aponta abusos por empresas que, a pretexto de cumprir a MP 936, reduzem jornada e salário, mas, na prática, esticam a jornada até 16 horas. Walter adverte: “Azar delas. Estão acumulando passivo trabalhista e nós, mais na frente, vamos entrar com ação coletiva de cobrança”.

Mais – Acesse o site Sincomerciários Guarulhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui