18.4 C
São Paulo
terça-feira, 23/07/2024

Demissão coletiva sacode EUA

Data:

Compartilhe:

A pessoa sofreu reprimenda da empresa por haver se atrasado após sessão de hemodiálise. Outra teve que trabalhar no dia do próprio casamento. Outras não têm férias. E um grande número se queixa de maus tratos por parte das chefias, inclusive advertências por ter ido ao banheiro.

Demissão – O que estão fazendo esses trabalhadores? Estão se demitindo em massa, no que já se chama de Antiwork Movement, ou seja, movimento contra o trabalho.

O Antiwork não é, contudo, fato isolado. Os Estados Unidos têm visto crescer o número de greves. E o apoio aos Sindicatos aumenta, chegando ao nível de 1965, o mais alto até hoje.

BBC – O assunto é mostrado de forma didática em vídeo da BBC News, que adianta: “A revolta contra as más condições de trabalho pode resultar numa CLT nos Estados Unidos”. Vale assistir o que mostra a repórter Mariana Sanches, direto de Washington.

Mais – https://www.bbc.com/portuguese.amp

 

Conteúdo Relacionado

Professorado começa a planejar campanha 2025

No mês de junho, a Federação dos Professores no Estado de São Paulo e os 25 Sindicatos integrantes assinaram o último acordo coletivo de...

Eleição metalúrgica será unitária

Com a unidade consolidada por meio da Chapa 1 - “A luta faz a lei!” - os metalúrgicos de São Paulo e Mogi das...

Comerciários/UGT promovem Mutirão e Encontro Nacional

Dois fatos marcarão o calendário dos Comerciários de São Paulo e também da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central à qual o Sindicato é...

Portaria de Marinho é lesiva aos frentistas

O Brasil possui perto de 500 mil trabalhadores em postos de combustíveis e lojas de conveniência.  A categoria, por atuar em ambiente insalubre, recebe...

Metalúrgicos do ABC fazem Arraiá

Mais uma entidade promove Festa Julina. Agora, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O arraiá da categoria acontecerá dia 19 e 20 (sexta e...