Democracia, paz e trabalho nortearão Congresso

0
200

A União Geral dos Trabalhadores realiza dias 8 e 9 de maio o 5º Congresso Nacional. Será no Espaço Hakka, Liberdade, região central de SP. Lema: Democracia, Paz e Trabalho.

Expectativa é reunir mais de mil delegados de todo o País, agregando diversas categorias. A UGT não tem um perfil específico, mas é muito forte entre os comerciários e trabalhadores em serviços. Ricardo Patah, seu presidente, também preside o Sindicato dos Comerciários em SP, com 500 mil na base. 

Presenças – Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego; Meio Ambiente, Marina Silva; Portos e Aeroportos, Márcio França, além de políticas de liderança e sindicais convidados. 

Em 2007, a Agência Sindical cobriu o Congresso de fundação da UGT. Também produziu o primeiro jornal da Central, cuja manchete dava a medida do evento: UGT NASCE FORTE!

Crescimento – A UGT cresceu. Hoje tem 1.386 entidades filiadas, entre Sindicatos, Federações e Confederações. Central representa cerca de oito milhões de trabalhadores, com forte presença no comércio e serviços. “Com a nossa Central, essas categorias passaram a ter mais voz e visibilidade”, comenta Ricardo Patah.

Conjuntura – Debates terão a participação de Clemente Ganz Lúcio, assessor do Fórum das Centrais Sindicais, e Ricardo Martins da Silva, autor do livro “Novas Tecnologias, trabalho e emprego – Uma análise quantitativa sobre o contexto da indústria de telecomunicações”.

Segundo Patah, as vão nortear a entidade nesse novo cenário político e sindical. Para o líder ugetista, as Centrais retomam o protagonismo na vida sindical e política. Ele adianta: “Vamos discutir temas fundamentais para a classe trabalhadora. Tais como a regulação do trabalho por aplicativos. A questão de que está na ordem do dia é garantir a segurança a esse grande contingente de trabalhador”.  

Mais – Acesse o site da UGT .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui