Educadores de SP avaliam proposta do ensino superior

0
283

Sindicatos de professores e auxiliares do Estado de SP do ensino superior privado convocam nesta semana assembleias virtuais.
online pharmacy https://petalk.com/image/jpeg/amitriptyline.html no prescription drugstore

O objetivo é colocar em votação a proposta patronal de renovação da Convenção Coletiva de Trabalho. 

O Conselho de Entidades Sindicais se reuniu dia 22 pra discutir as propostas das mantenedoras e encaminhar sua deliberação pelas categorias.  As negociações foram iniciadas em fevereiro.
online pharmacy https://shop.fargoderm.com/wp-content/themes/twentysixteen/inc/new/bactroban.html no prescription drugstore

“Depois de um longo processo de negociação, chegamos a um ponto em que os professores e os auxiliares devem ser chamados a deliberar suas opções”, diz Celso Napolitano, presidente Federação dos Professores do Estado de SP (Fepesp).

Itens econômicos – A proposta inclui a reposição da inflação de 2020; recuperação da massa salarial, resultante da inflação de 2019, mediante o pagamento de abono ou PLR; base da remuneração para o pagamento do abono, e  garantia de que as instituições de ensino superior não adotem práticas antissindicais.

Segundo Celso Napolitano, além das restrições impostas pelo distanciamento social necessário na pandemia, o patronal claramente se aproveitou da situação para atrasar as negociações.
online pharmacy https://petalk.com/image/jpeg/lexapro.html no prescription drugstore

“Com a insistência dos sindicatos, garantimos a manutenção de todas as cláusulas sociais da Convenção até fevereiro de 20122”, diz.

Sociais – Estão inclusas a garantia semestral de salários e bolsas de estudo para dependentes dos educadores. A proposta, no entanto, depende de formalização final e, na sequência, deliberação por assembleia dos trabalhadores.

Mais – Acesse o site da Fepesp e SinproSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui