19.2 C
São Paulo
quarta-feira, 29/05/2024

Encontro de Frentistas mostra prestígio

Data:

Compartilhe:

Nesta quinta, 24, a Fenepospetro e a Fepospetro-SP abriram o VI Encontro Nacional dos Frentistas, em Brasília. Da cerimônia, participaram os líderes máximos de três Centrais Sindicais: UGT, Nova Central e Força. Presentes na abertura cerca de 150 dirigentes de todo o Brasil, de todos os 61 Sindicatos filiados. Também participam assessores e técnicos, do Diap e do Dieese.

Os temas mais relevantes para a categoria serão discutidos até amanhã, na sede da CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio), à qual pertence a categoria dos empregados em postos.

Presidente da Fenepospetro, Eusébio Luis Pinto Neto, agradeceu a forte participação das entidades filiadas. Ele diz: “Temos organização sindical forte e representativa. O Brasil é o único País que possui lei contra a implantação do self-service nos postos de serviços, e isso graças às lutas dos nossos Sindicatos”.

O lema do Encontro é “Lutar e resistir por mais justiça no mundo do trabalho”. Esta é a primeira discussão ampla, presencial, após as restrições pela Covid-19. Presidente da Fepospetro, Luiz Arraes ressaltou a importância do tema escolhido. Ele diz: “Nossa missão é fortalecer as lutas dos trabalhadores, defender os direitos e organizar os Sindicatos”

Automação – Ricardo Patah, presidente da UGT, elogiou o Encontro e falou contra o autoabastecimento. Argumentou: “Não vamos permitir que isso vire realidade. Lutaremos pra enterrar projetos que ameacem empregos. Faremos valer a dignidade dos frentistas”

Os presidentes da Força Sindical, Miguel Torres, e da NCST, Moacyr Tesch, elogiaram a iniciativa do Encontro e colocaram-se à disposição da categoria, inclusive para as tratativas junto a governos e ao Poder Legislativo.

Apoios – A presidente do PT, deputada Gleisi (PR), disse apoiar o Projeto de Lei (3.299/2021) que regulamenta profissão de frentista. Ela vê condições de avançar. Diz Gleisi: “Com o governo Lula, a gente já retomou a pauta em defesa dos direitos e da representação sindical. Vamos fazer tudo pra que o Brasil volte a ser justo com nossos trabalhadores.”

A abertura do evento foi prestigiada, também por Telma Cardia, do Sindicato de Guarulhos e da Secretaria da Mulher da Fenepospetro; Jonas Donizetti (deputado federal pelo PSB), Luiz Carlos Motta (sindicalista e deputado do PL), Luiz Arraes (presidente da Fepospetro-SP), Daniel Almeida (deputado federal pela Bahia); e Jamil Murad, ex-deputado e autor da Lei paulista que proibiu o self-service, salvando milhares de empregos.

Luta – Jamil ressaltou a importância da Lei 9.956/2000, que proíbe esse o autoabastecimento, que geraria desemprego em massa. Ele enfatizou: “Os direitos da categoria, ontem e hoje, dependem da união, da organização e da luta de todos nós”.

Leia também:
Otimismo marca encontro de Frentistas

Para lideranças, Encontro Nacional fortalece lutas dos frentistas

 

Conteúdo Relacionado

Brinks Limão elege nova Cipa

Dia 22, ocorreu nova eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) na Brinks Limão, em São Paulo.Acompanharam as votações, das 5 da...

Clube e Colônia dos Metalúrgicos ficarão abertos no feriado

O feriado prolongado, de quinta a domingo, estimula o lazer das famílias e a prática de esportes. Portanto pra quem vai emendar o feriado...

Sindicalista Magri faz mudança audaciosa

Entre meados dos anos 70 e durante a década de 80, ele foi um dos principais dirigentes brasileiros. Do alto do seu porte, forjado...

Frentistas do Paraná fecham Convenção

Em negociação conjunta, os Sindicatos de Trabalhadores de Posto de Combustíveis e Lojas de Conveniência de Cascavel, Ponta Grossa, Londrina, Curitiba e Maringá fecharam,...

Conheça a nova Pauta Sindical

Dia 22, a plenária das Centrais Sindicais atualizou a Pauta Unificada da Classe Trabalhadora aprovada em abril de 2022, com 63 itens. O documento...