20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Época de balanço – Por Josinaldo Barros

Data:

Compartilhe:

O final do ano estimula balanços. Ao relembrar o que foi feito, por que foi feito; o que não foi feito, por que não; e o que se pretendia, e foi prorrogado, temos a retrospectiva realista.

Ao consolidar essa retrospectiva, podemos avaliar as perspectivas e preparar ações futuras.

ELEIÇÕES – O grande balanço foi feito pelo povo brasileiro, que negou um segundo mandato a Bolsonaro.

SAÚDE – Controlada a pandemia, graças ao esforço mundial de governos e da ciência, como também pela aplicação maciça da vacina. O Sindicato sempre ficou do lado da ciência e da vida.

SINDICALISMO – O fato principal é a unidade do movimento: 1) A terceira Conferência Nacional da Classe Trabalhadora – Conclat – produziu a Pauta Unitária, que reivindica, mas também aponta caminhos ao Brasil. 2) A firme defesa da democracia. 3) A atuação na frente ampla que elegeu Lula. 4) A presença ativa no Grupo de Transição do governo.

ESPORTE E LAZER – Reformamos, trocamos o gramado sintético e entregamos um novo campo. Retomamos as atividades esportivas. Voltamos a realizar a Festa da Criança. Fizemos várias melhorias no Clube – as obras seguem.

RENDA – Conseguimos negociar mais acordos de Participação nos Lucros e/ou Resultados, muitos com aumento real no valor.

CAMPANHA SALARIAL – Já assinamos acordos que beneficiam 95% da base com INPC integral e mais 15% de Abono Salarial.

SOCIAL – Realizamos duas campanhas de alimentos e duas do agasalho. Renovamos parceria com os Metalúrgicos da Bélgica em prol do Instituto Meu Futuro (que atende crianças e jovens carentes no Parque Primavera). Mantivemos a entrega quinzenal de leite a famílias do Primavera.

ORGANIZAÇÃO – Reunimos aposentados. Aumentamos a sindicalização nas fábricas. Participamos de eleições de Cipa. Realizamos o 23º Seminário de Segurança e Saúde do Trabalhador. Promovemos ato contra a carestia. Fizemos o Seminário de Avaliação e Planejamento.

CIDADANIA – Ajudamos a derrubar a taxa de lixo do Guti. Lutamos vigorosamente contra o fechamento da Proguaru. Realizamos a Campanha Outubro Rosa de prevenção do Câncer de Mama e o Novembro Azul, contra o câncer de próstata.

MULHER – Março-Mulher: 30 dias de ativismo contra a violência, por direitos e valorização da mulher.

FORMAÇÃO – Realizamos com o Dieese Curso de capacitação de dirigentes e assessores.

ASSISTÊNCIA – Firmamos novas parcerias e agregamos serviços, propiciando economia a sócios e familiares.

FUTURO – Ano que vem o Sindicato fará 60 anos. Seguiremos fiéis aos ideais de nossos fundadores, mantendo em perspectiva a busca por emprego, renda, direitos e valorização do trabalho, bem como a defesa da democracia.

Enfrentamos recessão continuada, desemprego, ataques ao sindicalismo, agressões à democracia e cortes de direitos. Mas não recuamos. Importa que, agora, as condições pra avançar vão melhorar.

Josinaldo José de Barros (Cabeça)
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região.
Diretoria Metalúrgicos em Ação

Email – josinaldo@metalurgico.org.br
Site – www.metalurgico.org.br

Clique aqui e leia mais opiniões

Josinaldo - Cabeça
Josinaldo - Cabeça
Josinaldo José de Barros (Cabeça), presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região Email - josinaldo@metalurgico.org.br

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores marcharão à Brasília por democracia e justiça – Ismael Cesar

Deliberado no Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, ocorrido em outubro de 2023, a Marcha da Classe Trabalhadora à Brasília, está marcada para...

A importância e os desafios das frentes parlamentares – Antônio Augusto de Queiroz

As frentes parlamentares e bancadas informais desempenham papel relevante no cenário político, representando forma interessante de articulação, representação e influência para interesses diversos. Compostas...

Fiscalização da Previdência brasileira garante proteção – Wanderson Ferreira

A Previdência Social parte do princípio de que todos os trabalhadores precisam estar seguros em caso de perda de a capacidade de trabalhar, o...

Decisão lamentável – João Guilherme

Recentemente o juiz Eduardo Pires, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o trabalhador não sindicalizado não tem direito aos benefícios...

Privatizar a educação pública beneficia apenas os tubarões da educação – Francisca Rocha

Desde que assumiu o governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas trabalha diariamente com a tese de destruição do Estado e privatização de todo...