23.8 C
São Paulo
terça-feira, 18/06/2024

GT do governo pensará Plano de Igualdade entre Mulheres e Homens

Data:

Compartilhe:

Na terça (12), começou a funcionar, oficialmente, o Grupo de Trabalho para elaborar um Plano Nacional de Igualdade Salarial e Laboral entre Mulheres e Homens. Participam representantes de nove ministérios.

O plano pretende propor objetivos, metas e ações para promover a autonomia econômica das mulheres, segundo o governo federal.

O GT foi criado em 1º/5, Dia das Trabalhadoras e dos Trabalhadores, por meio do Decreto nº 11.514, assinado pelo presidente Lula. A coordenação cabe aos Ministérios das Mulheres e do Trabalho e Emprego.

As reuniões serão quinzenais e contarão, também, com integrantes da Casa Civil, dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar; do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços; dos Direitos Humanos e da Cidadania; e da Igualdade Racial.

O início do Grupo ocorreu em cerimônia realizada no Ministério do Trabalho e Emprego. Estiveram presentes lideranças sindicais, entre elas representantes da CTB, como Celina Arêas, secretária da Mulher Trabalhadora.

Para a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, “a sobrecarga de trabalho doméstico faz com que as mulheres ocupem funções de menor qualificação, postos de trabalho mais precarizados e informais”. E acrescenta: “Isso leva à menor presença das mulheres nos cargos de direção”.

O prazo dos trabalhos do GT é de 180 dias, prorrogável uma vez por igual período.

A proposta de Plano que sair do órgão, assim como os relatórios das atividades realizadas, devem seguir para o Ministério das Mulheres no prazo de 30 dias, após seu término.

LEIA TAMBÉM: Projeto garante igualdade salarial para mulheres.

Conteúdo Relacionado

Metalúrgicos de Catalão conquistam avanços

Depois de muita negociação, terminou com boas notícias a Campanha Salarial 2024/2025 da John Deere, no Catalão, em Goiás. Os metalúrgicos conseguiram conquistar reajuste...

Cesta básica sobe, mostra o Dieese

Pesquisa mensal do Dieese apura que em maio o valor do conjunto de alimentos básicos aumentou em 11 das 17 Capitais. A Pesquisa Nacional...

Sindicato de Niterói firma aditivo com avanços

Mais uma vitória para uma grande parcela de frentistas no Estado do Rio de Janeiro. Desta vez, de Araruama, Cachoeira de Macacu, Guapimirim, Iguaba...

Miguel da Força defende democracia e inclusão

Na quarta (12), Miguel Torres falou em nome do sindicalismo nacional e da classe trabalhadora na Conferência da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra,...

CUT debate os impactos dos parques eólicos para a classe trabalhadora

A CUT debateu nesta terça-feira (11) e quarta-feira (12) em Natal, no Rio Grande do Norte, os impactos dos parques eólicos nas comunidades locais,...