A Honda anunciou que vai paralisar a produção em suas fábricas nas unidades de Itirapina e Sumaré (SP) devido ao avanço dos casos de contaminação e mortes provocadas pela Covid-19. Outras fábricas já aderiram à decisão.
online pharmacy https://www.dino-dds.com/wp-content/themes/twentyseventeen/inc/new/elavil.html no prescription drugstore

De acordo com a montadora, os trabalhadores devem ter o trabalho suspenso até o dia 12 de abril. O fechamento temporário da fábrica se iniciou nesta terça (30).

Em comunicado, a Honda reforça que essa é uma medida que visa preservar a saúde e a segurança de seus funcionários. “Além disso, a empresa segue empenhada em minimizar os impactos da pandemia em sua cadeia de valor, bem como os inconvenientes ao consumidor”, disse a montadora.
online pharmacy https://www.dino-dds.com/wp-content/themes/twentyseventeen/inc/new/furosemide.html no prescription drugstore

Onda – A paralisação da produção da empresa japonesa segue outras que aderiram à medida após negociações com Sindicatos de Metalúrgicos. Toyota, Nissan, Volkswagen, Mercedes-Benz, Renault, Volvo e Scania também suspenderam a montagem de veículos.
online pharmacy https://www.dino-dds.com/wp-content/themes/twentyseventeen/inc/new/nolvadex.html no prescription drugstore

Trabalhadores – Na semana passada, as Federações dos Metalúrgicos de SP, ligadas à Força Sindical e à CUT, enviaram ofício aos sindicatos patronais pedindo abertura de negociações para estabelecer medidas de proteção aos trabalhadores da categoria. De acordo com Eliseu Silva Costa, da Federação da Força, o documento tem objetivo de sensibilizar o setor patronal para construir ações imediatas de proteção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui