Inflação alta antecipa campanhas salariais

0
265
metalúrgicos Curitiba

A alta constante corrói os salários. Diversos Sindicatos já debatem antecipar as campanhas salariais, sem esperar pelo mês de data-base. Os Metalúrgicos de Curitiba puxam a fila das antecipações. A decisão foi formalizada em reunião da diretoria, segunda, dia 13.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, Sérgio Butka, trata-se de relançar  a antecipação da data-base, atualmente 1º de dezembro. O dirigente explica: “Antigamente, era habitual, quando o INPC superasse  dois dígitos, fazermos campanha pra recuperar o poder aquisitivo dos salários. Por isso, estamos relançando a campanha de antecipação, exatamente pra compensar o arrocho”.

Butka conta que o custo de vida já fez o trabalhador perder 5,73% nos primeiros seis meses, o que representa média de R$ 2.000,00 por trabalhador de salários corroídos pela inflação. “Esse dinheiro fica com o patrão, que economiza com demissões, os lucros engordam os bolsos dos empresários”, critica o presidente dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

Importância – “O trabalhador tem que acordar. Temos que fazer essa campanha, ir às empresas, mobilizar a categoria e antecipar a data-base pra dar uma condição melhor à nossa base”, alerta o sindicalista.

Conquistas – Em algumas empresas, a entidade já tem fechado Acordo de reajuste antecipado. É o caso da Brafer. Após negociação, os metalúrgicos aprovaram aumento de 14%, sendo 3,64% de ganho real; reajuste de 66,66% no vale-mercado, de R$ 300,00 para R$ 500,00; e a conquista de Cartão-Alimentação de Natal, no valor de R$ 250,00.

MAIS Acesse o site dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui