Líder dos Frentistas fala à TV 247 sobre luta contra autosserviço

0
114

O presidente da Federação Nacional dos Frentistas (Fenepospetro) e do Sindicato da categoria no Rio de Janeiro (Sinpospetro-RJ), Eusébio Pinto Neto, participou quarta-feira (12) do Programa Brasil Agora, da TV 247.

Em entrevista à jornalista e apresentadora Dhayane dos Santos, Eusébio falou sobre a atual conjuntura politica e fez um retrospecto dos desafios enfrentados pelo sindicalismo desde o golpe do governo Temer. Ele destacou a reforma trabalhista que retirou direitos trabalhistas e cortou recursos das entidades sindicais.

Eusébio se comentou a vitória do presidente Lula e a contribuição do movimento sindical. Ele se confessou satisfeito com a atual condução.

Para o dirigente, Lula está no caminho certo. “O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, está a serviço do capital e dos especuladores, o que atrapalha o crescimento econômico do Brasil. Assim como o Congresso Nacional, que, na sua maioria, tem o apoio do agronegócio, o que dificulta a negociação com o governo”, ele diz.

Categoria – Eusébio informou sobre a luta dos frentistas contra a adoção do autosserviço nos postos de combustíveis. Ele comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal que ratificicou a constitucionalidade da Lei 9.956 de 2000, que coíbe a implantação do self-service. Eusébio lembra que a lei garante o emprego de 500 mil frentistas no Brasil

Segundo Eusébio, apesar da lei, a categoria é ainda é alvo de ataques e ameaça de extinção. “Há diversos projetos no Congresso que pedem a revogação da lei, mas eles não avançam devido à atuação dos dirigentes sindicais”, ele afirma.

Assista!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui