Mais de 1 milhão de brasileiros ainda sofrem na fila de espera do INSS

0
356

As aglomerações de desempregados que buscam auxílio emergencial nas agências da Caixa tiraram do noticiário outra crise: a da fila de pedidos de benefícios previdenciários.

Neste momento, cerca de 1,1 milhão de segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) esperam além do prazo legal de 45 dias por uma resposta às suas solicitações de aposentadorias, pensões e auxílios-doença.

Apesar de invisível, pois não é presencial, a fila do INSS também reúne pessoas com necessidades tão urgentes quanto às de brasileiros que perderam renda após o início da quarentena de combate ao coronavírus.

Nos últimos 12 meses, foram incontáveis telefonemas para o 135, número de informações da Previdência, além de visitas ao posto onde o pedido foi apresentado.

O INSS afirma que a fila vem caindo. Desde o início deste ano, a redução foi de 200 mil requerimentos.

O órgão também inicia nesta semana a seleção de 8.230 servidores aposentados e militares da reserva para trabalhar temporariamente na Previdência.

Fonte: Agora SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui